Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Raul Vaz 25 de Maio de 2006 às 13:59

O burocrata Alberto

Alberto Martins foi um dos líderes da contestação estudantil ao anterior regime. Foi ministro em democracia e é líder parlamentar da maioria. O percurso faz sentido. Coube-lhe, no fim-de-semana, comentar as propostas do líder da oposição.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Soou a chapa cinco: são bem-vindas desde que se enquadrem no programa «sufragado» pelos eleitores. Eis o triunfo do burocrata que não tem opinião para além daquela que o cargo lhe permite. Poderíamos perguntar a Alberto Martins se ele próprio sufragou o aumento de impostos que o Governo decretou após ter ganho as eleições. O líder parlamentar da maioria diria que as circunstâncias foram mais fortes que as promessas feitas para vencer as eleições. É um clássico. Mas espera-se mais de quem pensa pela sua cabeça – e Alberto Martins tem cabeça capaz de produzir pensamento próprio. Não tenhamos ilusões: o que acontece com o ex-jovem contestatário não representa um comportamento atípico. Por vezes, o poder exerce o seu lado perverso – cala a inteligência para alimentar a mediocridade. E transforma em burocratas os mais inconformados. Como é o caso de Alberto.
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias