Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN
Fernando  Sobral
Fernando Sobral 03 de setembro de 2015 às 00:01

Pato à Pequim

Carlos Costa não é um mestre do Kung-fu. Mas vai ter de aprender as regras desta arte marcial para vender o Novo Banco. Neste momento, Carlos Costa gostaria de ser Bruce Lee, mas o seu tempo para se salvar num jogo que não domina totalmente é reduzido.

Vender o Novo Banco é fundamental para o Governo se salvar de ser crucificado em Bruxelas por causa do défice e para Maria Luís Albuquerque não perder a face. Todos prometeram que os contribuintes não seriam arrastados

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês
Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI