Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Camilo Lourenço camilolourenco@gmail.com 10 de Julho de 2012 às 23:30

Portugal e a obsessão com as "borlas"

Daqui por uns anos vamos ter de explicar aos nossos filhos por que lhes deixámos um país sobreendividado, cujos compromissos prejudicam o seu futuro.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 97
  • ...
Daqui por uns anos vamos ter de explicar aos nossos filhos por que lhes deixámos um país sobreendividado, cujos compromissos prejudicam o seu futuro. A tarefa será árdua, até porque isso implica reconhecer o total falhanço da classe política que saiu da Revolução. Mas teremos de o fazer. E teremos de lhes explicar outra coisa: a nossa obsessão com as "borlas". Eu explico: Portugal passa a vida à procura de oportunidades para pedir "batatinhas". Ainda ontem se viu isso: quando se soube que o Ecofin decidiu dar mais tempo a Espanha para fazer o ajustamento orçamental, a pergunta mais ouvida foi "E nós, não vamos ter mais um ano?" Como se o problema fosse esse...

A Espanha, com todos os seus pecados, tem (para já...) uma dívida pública que ascende a 68,5% do PIB. Portugal, com todos os seus pecados (bem mais graves), tem uma dívida que representa 112% do PIB. A caminho dos 115%. Pergunta menor: quem tem espaço para aumentar a dívida? Pois...

É esta tendência para o disparate que nos mata como país. Em vez de nos concentrarmos naquilo que temos de fazer para sair do buraco, que nós próprios cavámos, passamos o tempo à procura de escapatórias: ele é o tempo que dão aos outros e não nos dão a nós; ele são as taxas de juro (baixas) que vão cobrar aos outros e as taxas usurárias que nos cobram a nós; ele são os condicionalismos simpáticos que impuseram aos outros e as enormidades que nos impuseram a nós... Chiça!, não chega? Que tal parar com o choradinho e pôr mãos à obra para resolvermos os problemas que tolham o desenvolvimento do país (problemas sobejamente identificados)? Se não for por nós, que seja pelos nossos filhos.

Ver comentários
Saber mais opinião
Mais artigos do Autor
Ver mais
Mais lidas
Outras Notícias