Fernando Ilharco
Fernando Ilharco 15 de fevereiro de 2018 às 20:15

Ter objectivos melhora a performance

Pensar em objectivos, de curto, médio ou longo prazo, proporciona uma sensação de controlo dos acontecimentos, facilitando a libertação de dopamina no cérebro, a química do bem-estar, o que, por sua vez, nos faz sentir mais motivados e confiantes.

A preparação séria e esforçada é a base do acreditar que as coisas vão correr bem. Mas há mais que se pode fazer, depressa e com resultados positivos, para que o desempenho seja de qualidade: ter objectivos. O simples facto de se ter objectivos, de os assumir, por mais trivial que seja a tarefa, muda o ambiente, aumenta a confiança e faz subir a qualidade do trabalho.

 

Por exemplo, face a um dado problema, para o qual dispomos de pouco tempo, tendemos a sentir-nos stressados. Analisar a questão, sem ser exaustivo, esclarecer os objectivos do que queremos fazer é positivo, refere Alex Korb, da Universidade da Califórnia, na obra "A Espiral Ascendente"; faz baixar o stress e ajuda a focar-nos. Quando formulamos objectivos o cérebro constata que estamos a fazer alguma coisa para resolver os nossos problemas. A actividade no córtex pré-frontal aumenta e diminui na amígdala, a zona cerebral relacionada com o medo e as emoções em geral.

 

Pensar em objectivos, de curto, médio ou longo prazo, proporciona uma sensação de controlo dos acontecimentos, facilitando a libertação de dopamina no cérebro, a química do bem-estar, o que, por sua vez, nos faz sentir mais motivados e confiantes.

 

Os objectivos alteram a realidade. "Quando por vezes pensamos que está tudo mal, não é preciso mudar o mundo para nos sentirmos melhor," comenta Korb, que acrescenta: "Basta mudar a forma como captamos o mundo; por exemplo, dizer 'Ok, quais os meus objectivos nesta situação?'"

 

Enquadrar os problemas em termos dos meus objectivos foca-nos e tende a gerar bem-estar. Ter objectivos, descrevê-los num quadro positivo a nós próprios, ajuda não só a sentirmo-nos melhor como a melhorar o desempenho profissional.

pub