Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião

Valeu a pena?

É tentador “julgar” a nova lei do trabalho. Porque ela é importante para o país. E porque quem a propõe é o ministro mais eficaz deste Governo: não levanta ondas, não foge ao diálogo; mas executa. Veja-se a reforma da Segurança Social. ...

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

É difícil julgar as alterações. Porque se há áreas onde se avançou no bom caminho, (v.g. os horários), outras houve onde não se foi suficientemente longe (cessação do vínculo laboral). Deve ser essa a intenção, dirão os cépticos. É provável: confunde-se os críticos e dividem-se as hostes. E como daqui a um ano há eleições?

Apesar do sabor a desencanto (por aquilo que não se fez), a proposta parecer ter mais pontos positivos que negativos. Mas fará diferença para o país? Vamos ao “acid test”: alguma multinacional escolherá investir em Portugal por causa da nova lei? Não. E o mesmo deve acontecer com as empresas portuguesas. Daí a pergunta: valeu a pena? Se as tímidas alterações à lei forem acompanhadas de uma revolução mental, de patrões e sindicatos, sim (a legislação, de per si, não atrai investimento). Os primeiros porque tardam em perceber que a produtividade depende mais da excelência da gestão do que da facilidade do despedimento. Os segundos porque precisam de entender que, no mundo actual, relações laborais rígidas são garantia certa de desemprego.

P.S. – O PSD acredita mesmo que Jardim e Santana dariam bons candidatos a primeiro-ministro?

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias