Clientes da Amazon vão poder descarregar conteúdos para verem offline

Os subscritores do serviço Prime da Amazon poderão descarregar filmes e programas de televisão para os smartphones e tablets para serem vistos offline. Esta possibilidade garantida pela Amazon não tem equivalente na Netflix.

A Amazon anunciou que os subscritores do seu serviço Prime vão poder descarregar filmes e programas de televisão, sendo que a visualização destes conteúdos poderá depois ser feita offline nos seus tablets e smartphones. Segundo o Business Insider, há entre 40 a 60 milhões de clientes deste serviço cuja subscrição custa 99 dólares (87,9 euros) por ano.

 

A possibilidade de visualizar conteúdos offline é uma funcionalidade que, por exemplo, os serviços da Netflix não permitem. A Amazon já havia disponibilizado este serviço anteriormente, mas apenas para os utilizadores que possuíssem um dos tablets Fire, aparelho produzido pela empresa fundada por Jeff Bezos (na foto). Este serviço passa agora a estar também disponível para os subscritores do serviço Prime Video da Amazon que possuam equipamentos com software Android e IOS.

 

Apesar de nem todos os vídeos estarem disponíveis para "download" e visualização offline, a maior parte dos conteúdos Amazon Prime Video pode ser visualizado nesta nova modalidade.

 

No ano passado, um executivo da Netflix referia à TechRadar que a visualização de conteúdos offline "nunca iria acontecer" nos serviços providenciados pela Netflix.

 

Esta é uma aposta da Amazon que visa precisamente tornar mais atractivo o seu serviço Prime e é tornado realidade depois de a empresa de Bezos ter investido, em 2014, mais de 100 milhões de dólares (88,8 milhões de euros) na produção de vídeos originais. 

pub