A Fed não é a única responsável pela inflação

16.05.2022 Kenneth Rogoff

A Fed certamente tem a sua quota-parte de culpa pela grande inflação da década de 2020. Mas as fortes pressões políticas da esquerda e as análises excessivamente otimistas a uma política de endividamento ilimitado – já para não falar das genuínas incertezas sobre a inflação e as taxas de juro reais – também desempenharam um papel muito relevante.

Amigos sem benefícios

05.05.2022 Harold James

Proibições ao comércio com o inimigo fazem sentido num conflito total. Mas ao lidar com problemas comuns – como doenças e emissões que atravessam fronteiras e entre continentes – não há inimigos, apenas parceiros potenciais (e necessários).

A tempestade estagflacionista que se aproxima

29.04.2022 Nouriel Roubini

A inteligência artificial, a automação e a robótica não são um bem inalterável. Se forem melhoradas a ponto de conseguirem criar uma desinflação significativa, talvez também perturbem profissões e indústrias inteiras, ampliando as já grandes disparidades de riqueza e rendimento. Isso convidaria a uma reação política ainda mais forte do que aquela que já observámos. com todas as consequências políticas estagflacionistas que provavelmente daí resultariam.

Não baixemos a guarda perante a covid

Os líderes políticos estão cada vez mais focados na necessidade de reforçarem a sua preparação para pandemias futuras. É uma decisão acertada. No entanto, para demonstrarem a sua determinação, devem devotar os fundos necessários para fazerem frente aos desafios que a atual pandemia ainda nos pode colocar.

Desigualdade é um risco de negócio

18.04.2022 Philippe Heim

A crise da covid-19 expôs e exacerbou muitas formas de marginalização, desde o isolamento social e a divisão digital até a insegurança alimentar e a falta de acesso a habitação acessível. Estas questões devem preocupar-nos a todos.

A guerra de Putin está a fazer subir os preços das matérias-primas?

14.04.2022 Daniel Gros

Poder-se-á assumir que a guerra na Ucrânia levada a cabo pelo presidente russo, Vladimir Putin, é a principal causa da subida dos preços da energia e de outras matérias-primas. Afinal de contas, a Rússia é o maior exportador mundial de petróleo e de produtos petrolíferos – e, em conjunto com a Ucrânia, representa um terço das exportações globais de trigo e cevada. Mas há duas razões de peso para questionar esta explicação.

Ver Mais