Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
André Veríssimo averissimo@negocios.pt 29 de Junho de 2020 às 23:00

O boicote ao Facebook

Depois do assassinato de George Floyd, a questão do racismo tornou-se epidérmica. O FB continuou indiferente, mantendo aberta a antena para o discurso discriminatório e ofensivo. O preço chegou. Às críticas dos utilizadores somou-se um boicote de empresas como a Unilever, a Coca-Cola, a Verizon, a Diageo ou a Starbucks à publicidade na rede social. Insensível a outros argumentos, Zuckerberg foi vergado pelo dinheiro.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

As convicções de Mark Zuckerberg cederam perante o boicote crescente de grandes empresas à publicidade no Facebook (FB), por não fazer o suficiente para travar o discurso de ódio na rede social. Esta é também uma demonstração do poder que as marcas têm para forçar a mudança, pena que o usem tão pouco.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Mais artigos do Autor
Ver mais
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias