Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN
André  Veríssimo
André Veríssimo 10 de setembro de 2019 às 23:00

Um prémio de consolação

Elisa Ferreira não ficou com uma das oito vice-presidências, o que lhe retira peso político na Comissão. Irá trabalhar sob a orientação de dois "vices" executivos: Frans Timmermans, no domínio do "Acordo Verde" para as alterações climáticas, e Valdis Dombrovskis, que ficou com uma pasta que leva o nome "sui generis" de Uma Economia ao Serviço das Pessoas.

A pasta atribuída a Elisa Ferreira - Coesão e Reformas - foi na essência aquela que o país foi preparado para esperar, num hábil jogo de expectativas a dar a ideia de que Portugal ficou exatamente com o que queria.

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês
Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI