Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN
Celso  Filipe
Celso Filipe 12 de agosto de 2019 às 23:00

A greve e a patafísica

A greve que começou na segunda-feira transformou-se num corpo pária. O absurdo dos protagonistas teatraliza-se na troca de argumentos repletos de clichés, em jogos de palavras e em personagens presas a situações sem solução, mas das quais se mostram incapazes de libertar.

Eugène Ionesco foi um dos maiores patafísicos e dramaturgos do teatro do absurdo, um mestre na arte cénica de ridicularizar as situações mais banais. A greve dos motoristas entra na categoria do absurdo e precisa

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês
Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI