A regra dos dois

09.12.2020

Marcelo Rebelo de Sousa será reconduzido em Belém por uma razão pueril. Na verdade (excetuando Ana Gomes), é o único que deseja ser Presidente da República. Os outros candidatos, Marisa Matias, João Ferreira, André Ventura e Tiago Mayan Gonçalves, apresentam-se na corrida com o objetivo principal de conquistar tempo de antena para os respetivos partidos, projetando-os para batalhas eleitorais futuras.

Não, não e não

06.12.2020

O alargamento da União Europeia aos países do Leste, consumado em 2004, com a adesão da Hungria, Polónia, República Checa e Eslováquia, entre outros, satisfez um duplo interesse.

O presente de Ventura a Rio

03.12.2020

Rui Rio abriu as portas do poder ao Chega e conferiu a André Ventura o estatuto de solução governativa. A tal ponto que este já não tem pejo em assumir que o passo seguinte será o de reduzir o PSD a um papel secundário, ao declarar que daqui a oito anos o Chega será “o maior partido português à direita”.

Pão, água e política

02.12.2020

As perguntas que se colocam ao movimento “Sobreviver a Pão e Água” são simples: se Francisco Rodrigues dos Santos ou André Ventura fossem simples cidadãos, seriam recebidos? E as televisões estariam presentes para registar o momento em que esses cidadãos iriam falar com os grevistas? As pessoas com quem o movimento exige negociar, António Costa e Pedro Siza Vieira, não são políticos?

O princípio de um fim

26.11.2020

O Governo e o PS saem debilitados deste processo que marca inexoravelmente o fim da geringonça.

Idiossincrasia orçamental

24.11.2020

O PCP, o BE e até o PAN preferem o mal menor à possibilidade de o PSD conquistar o poder de braço dado com o Chega, e os sociais-democratas, embora sedentos de poder, não irão querer entrar num barco governativo que irá enfrentar as águas revoltosas de uma recuperação económica pós-covid que deverá ser longa e dolorosa. O PSD, estrategicamente, prefere que o PS carregue esta cruz ao longo do próximo ano.

A chantagem ao contrário

22.11.2020

Hungria e Polónia bloquearam o pacote europeu de recuperação da economia por considerarem uma chantagem da Comissão Europeia ligar as ajudas ao respeito pelo Estado de direito.

A febre da vacina

18.11.2020

As farmacêuticas estão a surfar uma onda de euforia semelhante à vivida pelas tecnológicas na primeira fase do confinamento.

Ver Mais