Cronista
Celso Filipe Diretor-adjunto

Nasceu em 1964 e é atualmente diretor-adjunto do Jornal de Negócios. Frequentou o 4.º ano do curso de Comunicação Social da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Começou a atividade como jornalista em 1986 na revista “África Hoje”, tendo depois transitado para a “África Confidencial”, uma publicação de circulação reservada a assinantes. Como jornalista passou depois pelos semanários “Tempo”, “Semanário” e “Expresso”. Entre 1995 e 2005 esteve no “Diário Económico” onde desempenhou as funções de editor e chefe de redação. Entre 1998 e 1999 colaborou na Rádio Renascença com um comentário semanal sobre assuntos económicos. Em 2006 entrou no Jornal de Negócios como editor da secção de empresas.

Celso Filipe O exame de Hong Kong 15.08.2019 Celso Filipe
A instabilidade social transformou-se numa normalidade que é um teste a Pequim. Afinal, o que está em jogo é o futuro da bolsa de Hong Kong, a quinta maior do mundo.
Celso Filipe A greve e a patafísica 12.08.2019 Celso Filipe
A greve que começou na segunda-feira transformou-se num corpo pária. O absurdo dos protagonistas teatraliza-se na troca de argumentos repletos de clichés, em jogos de palavras e em personagens presas a situações sem solução, mas das quais se mostram incapazes de libertar.
Celso Filipe Eleições e sindicalismo 28.07.2019 Celso Filipe
O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, declarou no final da passada semana que as eleições não deviam ser estímulos para greves, referindo-se à paralisação dos motoristas cujo o início está marcado para 12 de agosto.
Celso Filipe Os rostos do poder 24.07.2019 Celso Filipe
Os Mais Poderosos do Negócios dão cara ao poder, identificando os que, de uma forma ou de outra, influenciam a atividade económica e política em Portugal e, nesta medida, são também responsáveis pelo rumo do país.
Celso Filipe O 31 de Boris 23.07.2019 Celso Filipe
Boris Johnson é um enorme 31. Para si, para o Reino Unido, para a União Europeia e também para o mundo empresarial que vai acelerar a construção de mecanismos para se proteger dos prejuízos transversais que serão causados por um Brexit sem acordo.
Celso Filipe A guerra que o Irão já perdeu 22.07.2019 Celso Filipe
O capital de simpatia que o Irão tinha conseguido arregimentar esvaiu-se repentinamente, abrindo a possibilidade para um clima de confrontação que vá além das palavras.
Celso Filipe A chave está com Centeno 21.07.2019 Celso Filipe 32
Como é que um ministro das Finanças, atacado constantemente pela oposição e regularmente criticado pelos parceiros da geringonça pode ter tanta popularidade?
Celso Filipe No meu tempo não era bom 17.07.2019 Celso Filipe
Nos idos da minha pré-adolescência, uma viagem entre Lisboa e Sines, utilizando o transporte público, demorava um dia. O autocarro partia de manhã da Praça de Espanha e chegava ao destino perto do final da tarde. No trajeto pela estrada nacional parávamos em todas as localidades, grandes ou pequenas (o conceito Expresso era inexistente) e a jornada incluía, inclusive, uma paragem em Santiago do Cacém para almoço do motorista.
Celso Filipe Ursula maior ou menor  16.07.2019 Celso Filipe
A eleição de Ursula von der Leyen pode ser vista numa dupla perspetiva. Por um lado, significa uma cristalização do poder do eixo Berlim-Paris; por outro, traz a esperança de que a União Europeia se possa assumir finalmente como uma potência efetiva à escala global.
Celso Filipe A Caixa da política 15.07.2019 Celso Filipe 35
Ou os governantes, quaisquer que sejam, olham para a CGD como um banco que deve servir o país e não os seus desígnios estratégicos; ou, declarando-se incapazes de assegurar esta separação de poderes, optam pela sua privatização.

Marketing Automation certified by E-GOI