Celso  Filipe
Celso Filipe 17 de fevereiro de 2011 às 10:17

Comer laranjas à noite faz mal

Ainda hoje é comum ouvir o aviso - comer laranjas à noite faz mal.
Esta associação causa-efeito disseminou-se de tal forma que até deu origem ao provérbio: "laranja de manhã é ouro, à tarde é prata e à noite mata". Sabe-se agora que o único efeito que a laranja pode provocar, quando ingerida à noite, é o de tirar o sono, por força da vitamina C.

Os especialistas associam esta ligação nociva entre a laranja e a noite a um boato que, de tantas vezes repetido, se transformou numa verdade. E quem lançou o boato? Terão sido, ainda de acordo os mesmos especialistas, os proprietários dos pomares. No fundo, tratava-se de uma acção preventiva, através da qual pretendiam evitar que os famintos roubassem laranjas pela calada da noite, a altura mais propícia para praticar esse tipo de actos. Como se constata, a criação deste mito atingiu o seu propósito. E o dito provérbio popular evidencia a força de tal tese.

Agora imagine que a laranja é um novo potencial negócio, uma proposta de aquisição ou um mercado de possível expansão. Confortavelmente sentado no seu projecto pode simplesmente responder: "não, porque isso faz mal à empresa".

E repeti-lo sempre que lhe seja apresentada uma oportunidade, apenas porque esse é o argumento mais cómodo. Ou seja, as certezas absolutas são provavelmente o pior inimigo de qualquer negócio. Por isso, quando surge uma oportunidade o melhor é descascar a laranja, seja de dia ou de noite, e avaliar a sua qualidade. O inverso é a possibilidade de ter um lindo pomar, repleto de laranjas podres. Apenas porque não se arriscou a provar uma.
pub

Marketing Automation certified by E-GOI