Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN
Celso  Filipe
Celso Filipe 02 de junho de 2016 às 00:01

Um gigante com pés de barro

Na quarta-feira, as acções do BCP caíram mais de 10% e igualaram o mínimo histórico registado em Junho de 2012. Porquê? As razões conhecidas foram a saída do índice de acções globais do MSCI e um "research" negativo do Goldman Sachs. E o dia fechou com a CMVM a proibir temporariamente vendas a descoberto de acções do banco.

Expurgando os juízos de valor sobre a razoabilidade desta queda do BCP sobra a evidência que gera perplexidade. Ao fecho da sessão de ontem, o BPI valia mais em bolsa do que o BCP. O banco liderado por Fernando Ulrich registava

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês
Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI