Ontem
Celso Filipe Quem sai aos seus... 25.03.2019 Celso Filipe
As relações familiares neste Governo emanam de um problema mais profundo. Utilizando uma imagem feliz da OCDE o elevador social português está estragado.
Anteontem
Manuel Esteves Precários no salário e na pensão 24.03.2019 Manuel Esteves 37
Os trabalhadores jovens têm hoje carreiras contributivas mais curtas do que há 10 anos. A precariedade dos empregos será transferida para a reforma, traduzindo-se num agravamento da pobreza na velhice. Cabe ao Estado e às empresas romper com este círculo vicioso.
Manuel Esteves A balbúrdia das trotinetas 21.03.2019 Manuel Esteves 30
As trotinetas pouco ou nada trazem ao comum dos lisboetas. A sua introdução massiva na cidade insere-se no projeto de transformação de Lisboa numa cidade ideal para quem a visita ou nela se passeia, mas muito pouco amigável para quem a habita ou nela trabalha.
André Veríssimo Como é que 100 vão pagar a reforma a 73? 20.03.2019 André Veríssimo 46
É frequente ouvir-se alguém na casa dos 30 ou 40 anos anos desabafar sobre a incerteza de um dia vir a receber uma reforma. "Isto se houver pensões", dizem. Mesmo que infundado, o receio tem um fundo e é profundo.
André Veríssimo Frankfurt contra Berlim 19.03.2019 André Veríssimo
Deutsche Bank e Commerzbank. Pode a união de dois bancos maus criar um bom? Dificilmente. Mas à conta dela poderemos assistir a um embate na Europa, que pode ser definidor do seu rumo.
Há 1 semana
Celso Filipe O bom, a dúvida e a suspeita 18.03.2019 Celso Filipe
O Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos transportes públicos é uma boa ideia. Até do ponto de vista da forma como é parcialmente financiada, recorrendo-se para tal ao Fundo Ambiental.
André Veríssimo O BBB é bom, mas não chega 17.03.2019 André Veríssimo
Demorou oito anos a chegar ao BBB. Quantos serão precisos para voltar ao AA que já ostentámos há 20 anos? Talvez o tempo de uma geração. Será necessária muita determinação para lá chegar.
Editorial A direita ao som da concertina 14.03.2019 Manuel Esteves
Depois de se multiplicarem as cisões à direita, agora mini-partidos e protopartidos ensaiam estranhas coligações pré ou pós-eleitorais. Este movimento de concertina não promete nada de bom à direita. É música que dá para bater o pé, mas que não fica no ouvido. E no final do baile, sobrará no salão o PSD e muitos cacos para apanhar.
Editorial Também há ventos favoráveis 13.03.2019 Nuno Carregueiro
Enquanto os bancos centrais continuarem a soprar contra os ventos contrários, fica mais escassa a probabilidade de a próxima crise estar já ao virar da esquina.
André Veríssimo Em defesa da CNE 12.03.2019 André Veríssimo
A nota interpretativa da Comissão Nacional de Eleições  (CNE) sobre a proibição de publicitar a inauguração de obras ou outras iniciativas até às Europeias provocou a ira dos autarcas e, em surdina, do Governo.

Marketing Automation certified by E-GOI