Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Fernando Sobral fsobral@negocios.pt 21 de Março de 2017 às 09:37

A Escócia e o futuro do Reino Unido

Theresa May já decidiu: a saída do Reino Unido da União Europeia começa a 29 de Março. Mas esta decisão está cheia de minas: a menor não é provavelmente a Escócia.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O braço-de-ferro entre May e Nicola Sturgeon, a líder escocesa, já começou a animar os meios de comunicação social locais. Sturgeon quer que a Escócia fique na União Europeia e um novo referendo para decidir a independência. May diz que novo referendo só depois do Brexit estar completo. Na "Social Europe", Fiona Hyslop escreve: "Se a Escócia não pode ser ignorada num assunto tão importante como a nossa presença na UE e no mercado único, então é claro que a nossa voz e os nossos interesses não podem ser ignorados a qualquer momento e sobre qualquer tema. Não é só a nossa relação com a Europa que está em jogo, mas o nosso bem-estar como nação. O Brexit vai afectar a nossa economia, o nosso gasto público e os níveis de vida. As suas consequências vão afectar muitos dos nossos sectores económicos, da saúde ao sistema de educação e as nossas relações comerciais, em termos internos e externos".

No "Spectator", Charles Moore tem uma visão diferente: "Quando Nicola Sturgeon diz que tem de haver outro referendo por causa do Brexit, a equação deve ser desafiada. Não há razão moral para que um referendo global no Reino Unido deve requerer um outro voto numa parte do RU (a seguir: independência para Londres?). Não é um direito constitucional. No "Daily Telegraph", Ruth Davidson alinha pela mesma lógica de pensamento: "Recusando Nicola Sturgeon, Theresa May está a falar pela maioria dos escoceses. Alex Salmond (o antigo líder escocês) era conhecido por ser um jogador. A sua sucessora, Nicola Sturgeon, supunha-se que vestiria outra roupa - mais cautelosa, preferindo pedir conselhos do que simplesmente pronunciar ideias.". Não é claramente o que está a acontecer.



Ver comentários
Saber mais Reino Unido Escócia Theresa May Brexit Nicola Sturgeon
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias