Que comece a corrida aos dois biliões de dólares

A última semana ficou marcada pela entrada da Amazon no grupo das "one trillion-dollar baby".
Jornal de Negócios
pub
Raquel Godinho 09 de setembro de 2018 às 19:40

Esta é a segunda empresa a superar a fasquia de uma capitalização bolsista de 1.000.000.000.000 de dólares, depois de a Apple o ter conseguido no início de Agosto. Valores surpreendentes, num momento "quente" para as grandes tecnológicas norte-americanas, com estas empresas a brilharem num contexto geopolítico instável.
Na cola da Apple e da Amazon estão a Microsoft e a Alphabet, ambas avaliadas acima de 850 mil milhões de dólares. No entanto, mais do que qual será a próxima a superar a marca do bilião, os investidores começam a antecipar qual será a primeira companhia a chegar aos dois biliões.
De acordo com uma notícia da CNN Money, há pelo menos um banco de investimento que vê a Amazon a chegar em primeiro lugar aos dois biliões. O analista Tom Forte, da D.A. Davidson, acredita que a empresa de comércio electrónico pode acelerar e deixar a Apple para trás, porque tem mais espaço para crescer.
Os analistas esperam que os lucros da Amazon cresçam a um ritmo anual de 46% nos próximos cinco anos, contra um aumento de 13% da dona do iPhone. Que comece a corrida aos dois biliões de dólares.

pub