Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 17 de Abril de 2018 às 21:45

Mercados emergentes são os novos ricos 

A normalização da Reserva Federal é improvável que resulte num rápido ciclo de subida de juros nos países em desenvolvimento.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Os mercados emergentes não são os mesmos de antigamente. Muitas destas economias estão cada vez mais parecidas com as dos mercados desenvolvidos, à medida que as taxas de inflação e o risco cambial - ambos historicamente muito elevados - recuam. Segundo uma nota do Goldman Sachs, citada pela Bloomberg, a fraca relação entre as políticas nos mercados emergentes e as taxas de juro norte-americanas sugere que a normalização da Reserva Federal é improvável que resulte num rápido ciclo de subida de juros nos países em desenvolvimento. A mesma análise conclui que estes países, que têm recolhido cada vez maior optimismo por parte de grandes bancos de investimento, enfrentam um dilema com o crescimento a recuperar rapidamente, enquanto as taxas permanecem em níveis historicamente baixos. Assim, os bancos centrais destes países focam-se mais em temas como a inflação do que o crescimento do PIB ou as taxas de juro. Perspectivas animadoras do gigante de Wall Street, num momento em que o banco central dos EUA se mantém comprometido com a normalização da política monetária nos EUA. Um processo que promete testar a resistência de mercados emergentes e desenvolvidos.

 

Jornalista

Ver comentários
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias