Raquel Godinho
Raquel Godinho 05 de setembro de 2018 às 21:40

Onde está a próxima crise? O JPMorgan sabe

Faltam poucos dias para que se assinalem dez anos do colapso do Lehman Brothers, acontecimento que espoletou uma das maiores crises financeiras de sempre.

E o JPMorgan acredita saber de onde virá a próxima crise. Numa nota publicada esta semana, e citada pela CNBC, os especialistas do banco de investimento defendem que a próxima crise terá "flash crashes" nas acções e também a pior inquietação social dos últimos 50 anos, pelo menos nos Estados Unidos. O analista quântico do JPMorgan Marko Kolanovic antecipa uma grande crise de liquidez que terá duras consequências nos mercados financeiros. Isto porque a aposta nas estratégias de investimento passivas e a negociação electrónica vão exacerbar as quedas acentuadas e repentinas das acções. E, neste contexto, os bancos centrais serão forçados a tomar medidas sem precedentes, o que poderá incluir a compra de acções. Ainda que tenha previsões para a origem e as características da próxima crise, o banco de investimento ainda não perspectiva datas para o seu início. Contudo, estes especialistas do JPMorgan acreditam que os mercados estarão de alguma forma calmos pelo menos até à primeira metade do próximo ano. Depois, pode já não ser bem assim.

Jornalista

pub