Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Notícias desta secção

Plano de recuperação: persistir nos erros

10.07.2020 Avelino de Jesus

Talvez , no nosso caso, não fosse necessário um aparato à francesa, mas era, seguramente, necessária uma forte dose de bom senso, simplicidade e a humildade de ouvir opiniões diferenciadas que pudessem alertar para os erros do passado.

O desequilíbrio de poderes

10.07.2020 António Moita

Quando mais precisamos de lucidez e de ordem, o sistema não responde. E não é preciso saber muito de História para perceber que quando o equilíbrio entre os poderes está comprometido e a desorientação se instala, o resultado não pode ser bom.

A EDP foi nacionalizada?

10.07.2020 Manuel Falcão

A menos que alguma coisa tenha sido alterada no funcionamento da economia das empresas privadas eu acreditava, até esta semana, que as decisões são tomadas pelos seus accionistas e não pelo Estado.

Uma força avassaladora

10.07.2020 Fernando Ilharco

Em tempos de crise e de transformação, de certa forma, as melhores empresas são as que ainda não existem. Porque podem adaptar-se ao contexto, estar bem ajustadas aos condicionalismos e às potencialidades dos mercados, da cultura e da tecnologia.

O acelerador covid

09.07.2020 Nuno Carregueiro

Se em março a correção nas bolsas foi quase generalizada, a recuperação posterior já foi bem diferenciada, com as empresas do setor tecnológico na linha da frente dos ganhos. Há já alguns anos que as tecnológicas são as estrelas das bolsas, sobretudo em Wall Street, mas nunca como agora a liderança foi tão grande.

O Jeremy Corbyn português?

09.07.2020 Camilo Lourenço

Esta “rebelião” de Nuno Santos pode abrir linhas de fratura no PS. Embora se tenha recusado a comentar a candidatura de Ana Gomes (que foi apanhada de surpresa pelo apoio de Costa a Marcelo), o ministro defendeu que “deve haver sempre um candidato da área do PS”.

A esperança europeia

Se tiver êxito nas receitas económicas para enfrentar os efeitos da crise pandémica, a União Europeia pode acabar por sair reforçada na sua unidade interna e no seu papel global.

Os riscos da sombra do Estado

O Estado tornou-se omnipresente e omnipotente na economia portuguesa. Esta situação pode evitar agora males maiores, mas é um elevado risco para os contribuintes e para o futuro sustentável da economia portuguesa.

Ver Mais
Mais lidas
Publicidade
pub
pub
Publicidade
C•Studio