Ontem
Celso Filipe O acordo. Qual acordo? 14.10.2019 Celso Filipe
Um acordo definitivo entre os Estados Unidos e a China, mais do que qualquer divergência de natureza comercial, está dependente das necessidades comunicacionais e das "enormes vitórias" que Trump precisa insistentemente de anunciar.
Camilo Lourenço “Chega!”, diz Jerónimo 14.10.2019 Camilo Lourenço 70
É o PCP a tentar regressar ao seu terreno natural, depois de quatro anos a apoiar a “geringonça”. Apoio que lhe trouxe frutos, reconheça-se (reversão da privatização dos transportes metropolitanos de Lisboa e Porto), mas custou cedências, como a travagem da contestação social.
Paulo Carmona Um Governo basculante 14.10.2019 Paulo Carmona
É como a senhora com dois namorados. É melhor terem-me poucochinho de cada vez do que nunca me terem. É disto que o nosso PM gosta, tem prazer e jeito.
Joaquim Aguiar A repetição das eleições 14.10.2019 Joaquim Aguiar
É responsabilidade dos partidos explicar aos eleitores o que muda nas condições políticas para que estes possam rever e reformular as suas preferências quando votam.
Colunistas Lagarde e os dilemas do euro - (III) 14.10.2019 João Costa Pinto
A inacção política está a isolar o BCE, enquanto se adensam os riscos e as ameaças que pairam sobre a Europa do euro.
João Carlos Barradas Pena que fosse curdo 14.10.2019 João Carlos Barradas
A UE está sob a ameaça da Turquia abrir fronteiras com a Grécia e Bulgária para expulsar 3,6 milhões de refugiados e migrantes.
Adolfo Mesquita Nunes Tantas certezas, e tão contraditórias 14.10.2019 Adolfo Mesquita Nunes
No meu partido, há quem ache que se foi liberal demais. Outros, como eu, acham risível que se diga que o CDS foi liberal demais. Uns acham que o partido deu ares de moderninho. Outros, como eu, não vislumbram sombra desse moderninho.
Economistas Londres está mesmo condenada após o Brexit? 14.10.2019 Howard Davies
O desfecho mais provável é que o Reino Unido chegue um pouco trôpego à porta de saída e acabe por tropeçar e cair no patamar, sem uma nova relação estrutural ou um período de transição prolongado.
Ulisses Pereira Catarina Martins a fazer o funeral da bolsa portuguesa 14.10.2019 Ulisses Pereira 92
Apesar das zangas pré-eleitorais, António Costa parece precisar de Catarina Martins para esta segunda legislatura. Sem acordos escritos, sem casamentos ou uniões de facto, mas o Bloco parece destinado a ter um papel-chave no apoio à governação socialista.
Anteontem
Nuno Carregueiro Amarrados à geringonça 13.10.2019 Nuno Carregueiro
Nos últimos anos Costa teve ventos favoráveis do seu lado e um ministro das Finanças muito competente.  Se estas duas variáveis se mantiverem, Costa tem razão para continuar um "irritante optimista".
Camilo Lourenço Como manipular estatísticas, cortesia do governo 13.10.2019 Camilo Lourenço 507
Na 6ª feira ficámos a saber que o défice do Serviço Nacional de Saúde chegou a 848 milhões de euros em 2018, um agravamento de 145% face ao ano anterior.
Marques Mendes Marques Mendes: Este será “um governo de serviços mínimos” 13.10.2019 Luís Marques Mendes 76
No seu habitual comentário na SIC, Marques Mendes fala sobre o resultado das eleições de 6 de outubro e o que poderá ser o novo governo.
António Moita O Parlamento é um palco 13.10.2019 António Moita 172
Ainda que num total de duzentos e trinta, ter apenas um deputado pode fazer toda a diferença. Isto, claro, se o deputado for diferente. Arrisco afirmar que se o PAN não tivesse conseguido eleger em 2015 o seu deputado, hoje não existiria ou seria irrelevante.
Avelino de Jesus Fazer o mal e a caramunha: quando acabam os juros baixos? 13.10.2019 Avelino de Jesus
Porém, as forças para a continuidade dos juros baixos parecem vencer. As tensões e os interesses acumulados são de tal ordem que a inversão traria custos, de curto e médio prazo, que os actuais quadros políticos não comportam.
Economistas Alimentos para o desenvolvimento sustentável 13.10.2019 Jeffrey D. Sachs
Em todo o mundo, os jovens estão a exigir uma forma sustentável e segura de viver e fazer negócios. Acreditamos que as empresas também mudarão. Afinal, as empresas precisam de clientes satisfeitos, trabalhadores motivados e o respeito da sociedade como uma "licença para fazer negócios".
Manuel Falcão Para onde vais, Portugal? 11.10.2019 Manuel Falcão 36
Olha-se para os resultados das eleições do passado fim-de-semana, e o que salta à vista é que o vencedor foi eleito por uma minoria de cidadãos eleitores.
Miguel Varela A qualidade da democracia (“afinações” precisam-se) 11.10.2019 Miguel Varela 31
O PS necessitou apenas de 17.609 votos para eleger cada deputado, o PSD necessitou de 18.450; o BE de 25.922 votos, a CDU de 27.437, o CDS de 43.291, o PAN de 41.715, o Livre de 55.660, o IL de 65.545 e o Chega de 66.448! Será proporcional, justo e… democrático?

Marketing Automation certified by E-GOI