Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

José Tolentino Mendonça: "Vivemos com os olhos colados nos sapatos"

José Tolentino Mendonça é padre e poeta. O seu livro mais recente, "A Mística do Instante", é um ensaio que nos recentra em verbos primordiais, como escutar. Que nos coloca perguntas fundantes, como: "Existir, a que será que se destina?" Se fosse preciso erguer uma bandeira, a de um manifesto político, poderia ser: "A vida não pode ser só isto". Se fosse uma bandeira poética, o manifesto seria o mesmo. O espantoso em Tolentino: a sua capacidade de ligar mundos distantes, aparentemente impossíveis de serem ligados. De captar os caminhos internos do mundo e da palavra. A entrevista foi na Universidade Católica, onde é vice-reitor. Citou Guimarães Rosa para dizer que "viver é perigoso". Eu trago a Gal e o Caetano para completar: "Atenção, tudo é perigoso, tudo é divino maravilhoso".

Anabela Mota Ribeiro 24 de Dezembro de 2014 às 09:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

Usa muito no livro "A Mística do Instante" o verbo escutar. É diferente de ouvir. Escutar supõe uma atenção mais funda. Ouvir tem uma conotação mais apressada. Concorda com isto?

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias