Weekend Nuno Centeno: As galerias de arte tornaram-se reféns das feiras
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Nuno Centeno: As galerias de arte tornaram-se reféns das feiras

O galerista Nuno Centeno coleccionou vários prémios internacionais que o posicionaram na “primeira liga” no mundo da arte contemporânea. Filho do pintor Sobral Centeno, desde cedo soube que a sua vida estaria ligada ao mundo dos artistas. Mas ser galerista não foi um plano, foi acontecendo. Demorou a sentir-se um empresário. Teve e ainda tem alma de artista. Talvez tenha sido isso que marcou a diferença no seu trabalho.
Nuno Centeno: As galerias de arte tornaram-se reféns das feiras
Paulo Duarte
Filipa Lino Paulo Duarte - fotografia 09 de novembro de 2018 às 10:08

Sendo filho do pintor Sobral Centeno, teve desde cedo a ideia de que ia fazer um caminho nas artes?

)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub