Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

O veneno retórico e os garganeiros

António Costa criticava Passos Coelho por se preocupar muito com as contas públicas e pouco com as pessoas. Agora está a provar o mesmo veneno retórico que serviu. O Brexit transformou-se no Sísifo de Theresa May e os mitos, como se sabe, são imutáveis. Matteo Salvini e Luigi di Maio juraram que não iam ceder à Comissão Europeia e na verdade cumpriram a promessa. Mandaram o primeiro-ministro ir a Bruxelas ceder por eles. Macron fez "mea culpa" e mostrou compreensão pela "fúria profunda" dos franceses. Será que o provérbio mais vale tarde do que nunca será suficiente para o salvar politicamente?

Prudência - Incapacidade

Prudência - Incapacidade
António Costa
O eremita

O primeiro-ministro bem pode clamar que a economia a crescer "não torna tudo possível", mas a realidade é que deixou atear muitos fogos de contestação social e agora estão a arder todos ao mesmo tempo "queimando" a popularidade do Governo. As greves e os protestos sucedem-se, atingindo até áreas sensíveis do ponto de vista social como a saúde ou a educação. Ou António Costa consegue tirar um coelho da cartola que minimize os impactos dos protestos, ou então corre sérios risco de ter um resultado eleitoral desolador em Outubro de 2019. A margem de manobra é cada vez mais reduzida.

Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 15 de Dezembro de 2018 às 13:00
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
Ver comentários
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias