Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rui Lopes Graça: “O sentimento de posse dá-nos uma falsa sensação de segurança”

Rui Lopes Graça começou a trabalhar na CNB com um primeiro contrato e o sonho de ser bailarino aos 21 anos. Nem deu conta do tempo passar nem dos anos sobre o corpo nem de deixar o palco, porque começou a coreografar. A peça “Annette, Adele, e Lee”, o segundo espetáculo que o coreógrafo faz com o artista plástico João Penalva, está no Teatro Camões até 19 de maio.

Sérgio Lemos
Susana Moreira Marques 17 de Maio de 2019 às 14:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
"Annette, Adele, e Lee" são três pessoas que dançam sapateado. A peça, no Teatro Camões, pela Companhia Nacional de Bailado (CNB), até 19 de maio, não é sobre elas nem sobre personagens possíveis de construir a partir delas, mas os bailarinos da CNB, de certa forma, dançam sobre os seus passos. De alguma maneira, tudo o que fazemos traça passos e gestos que já foram feitos antes de nós. Este é...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Rui Lopes Graça CNB Teatro Camões João Penalva Londres David Cunningham
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias