Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

É preciso dar tempo de garrafa aos vinhos açorianos

Em 10 anos de trabalho nos Açores, António Maçanita provou que é um enólogo seguro, com ideias próprias, conhecimento histórico e vontade de arriscar. Pena é que toda a gente beba os seus vinhos antes do tempo.

Edgardo Pacheco 03 de Fevereiro de 2019 às 14:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Arinto dos Açores Sur Lies 2017 custa 30€, o Vinha Centenária 2016 75€, e o SaborZinho 2015 100€

Confesso que, a determinada altura do curto percurso de autor de vinhos nos Açores do enólogo António Maçanita, fiquei com a ideia de que os brancos Arinto dos Açores, Terrantez do Pico e Verdelho estavam - embora perfeitos e disruptivos no território - algo modernos

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Açores enólogo vinhos António Maçanita Arinto Pico Verdelho terroir
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias