Conjuntura Economia portuguesa terminou 2016 em alta

Economia portuguesa terminou 2016 em alta

A economia nacional terminou o ano passado em alta. Em Dezembro, a actividade económica registou o terceiro mês consecutivo a aumentar. Também o consumo privado aumentou em Dezembro, registando o maior crescimento em 12 meses.
Economia portuguesa terminou 2016 em alta
David Santiago 20 de janeiro de 2017 às 13:10

O último mês do ano passado foi positivo para a economia portuguesa, que terminou 2016 em alta. Os dados divulgados esta sexta-feira, 20 de Janeiro, pelo Banco de Portugal (BdP) mostram que o indicador coincidente mensal para a actividade económica aumentou, em Dezembro, pelo terceiro mês consecutivo. Com um crescimento de 0,8%, a actividade económica registou em Dezembro o melhor desempenho desde Abril do ano passado.

 

Já o indicador coincidente mensal para o consumo privado registou uma subida de 2,2% no último mês de 2016, a melhor variação no espaço de um ano, isto depois de também em Dezembro de 2015 este indicador coincidente ter crescido os mesmos 2,2%.


Estes dados, que mostram uma evolução positiva da economia portuguesa, vêm juntar-se às agora mais positivas perspectivas do próprio BdP relativamente ao desempenho económico do país.

 

Esta semana a Católica reviu em alta as estimativas de crescimento do PIB tanto em 2016 como para este ano. A instituição acredita que a economia portuguesa tenha crescido 1,3% no ano passado, uma estimativa que compara com a expansão económica de 0,9% anteriormente prevista pela Católica e com a de 1,2% definida como meta pelo Governo.

 

Também as previsões de crescimento para 2017 foram revistas em alta, com a Católica a antecipar agora que a economia nacional cresça 1,7%, uma previsão que supera o crescimento do PIB de 1,5% estimado pelo Executivo chefiado por António Costa.




A sua opinião30
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 20.01.2017


Sir Winston Churchill:

“O socialismo é a filosofia da falha, o credo da ignorância e o evangelho da inveja…

sua virtude inerente é a divisão igualitária da miséria”.

“A desvantagem do capitalismo é a desigual distribuição das riquezas…

a vantagem do socialismo é a igual distribuição das misérias.”

comentários mais recentes
Francisco Xavier Sousa 21.01.2017

Mas se fosse -0.8% já concordaria que era em baixa? Se ler bem a notícia diz que o ano (e não o mês) terminou em alta. 0,8% é o resultado do crescimento de um mês (dezembro) e obviamente inferior ao resultado do acumulado de três meses de crescimento consecutivos (1,3% estimativa da UC)!

Julia Correia 20.01.2017

0,8% é em alta? Estes jornais e jornalistas deveriam ser responsabilizados criminalmente pelas notícias enganosas que publicam. ????

Luis Melo 20.01.2017

Td em alta em especial o mês de Dezembro, sabe-se porquê. Quando abandonam o barco está td com os burros n'agua

Anónimo 20.01.2017

O Quê o Diabo? Ah...Sim, o Diabo da TSU!

ver mais comentários
pub