Economia Exportações e investimento impulsionaram economia alemã no terceiro trimestre

Exportações e investimento impulsionaram economia alemã no terceiro trimestre

O gabinete federal de estatística confirmou a subida do PIB de 0,8% no terceiro trimestre, que coloca a economia alemã a caminho do maior crescimento anual em seis anos.
Exportações e investimento impulsionaram economia alemã no terceiro trimestre
Negócios com Bloomberg 23 de novembro de 2017 às 08:06

As exportações e o investimento impulsionaram a economia alemã no terceiro trimestre deste ano, revelam os dados publicados esta quinta-feira, 23 de Novembro, pelo gabinete federal de estatística.

No período entre Julho e Setembro, o comércio contribuiu com 0,4 pontos percentuais para a expansão económica, enquanto os gastos das empresas com equipamento acrescentaram 0,1 pontos percentuais.

No terceiro trimestre, o PIB da Alemanha avançou 0,8% - em linha com a primeira leitura divulgada no dia 14 deste mês – colocando a economia a caminho do maior crescimento anual em seis anos.

De acordo com os dados divulgados, os gastos do governo mantiveram-se inalterados face aos três meses anteriores, enquanto os gastos privados diminuíram 0,1%. O investimento das empresas em equipamentos aumentou 1,5% e as exportações subiram 1,7%, em comparação com um aumento de 0,9% nas importações.

Os economistas consultados pela Bloomberg já reviram em alta as suas estimativas para o crescimento da economia alemã em 2017 oito vezes desde o início do ano. Actualmente, a média das previsões é de 2,2%, e o Bundesbank – o banco central da Alemanha – antecipa que o aumento das encomendas e o reforço da confiança vão continuar a garantir um crescimento sólido.  

Ainda assim, a incerteza em torno das negociações para a formação do próximo governo poderá comprometer a confiança e nebular as perspectivas.

Depois de um mês de negociações, o FDP abandonou as conversas exploratórias no domingo, deixando o país no limbo político e aumentando a perspectiva de novas eleições.

Na sequência do fracasso das conversações, o presidente alemão Frank-Walter Steinmeier já instou todos os grupos políticos a colocarem a responsabilidade e os interesses da nação à frente dos interesses do partido.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub