Economia Governo cria grupo de trabalho para acompanhar "cabras sapadoras"

Governo cria grupo de trabalho para acompanhar "cabras sapadoras"

Secretário de Estado das Florestas dá um mês para receber o primeiro relatório de monitorização deste projecto-piloto.
Governo cria grupo de trabalho para acompanhar "cabras sapadoras"
João D'Espiney 25 de maio de 2018 às 14:34

O Governo decidiu criar um grupo de trabalho para apoiar e acompanhar o projeto-piloto das "Cabras Sapadoras" nos próximos três anos.

O secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, justifica a sua decisão tendo em conta "a importância do desenvolvimento de actividades de prevenção estrutural, duráveis e sustentáveis que promovam a compartimentação dos espaços florestais através da criação de descontinuidades do coberto vegetal, permitindo a usufruição destes espaços para outras funções tais como o pastoreio".

Miguel Freitas refere ainda a importância de envolver "os diferentes actores do território como sejam os proprietários de efectivos de pequenos ruminantes (caprinos e ovinos), bem como os proprietários e os gestores de terrenos, de modo a promover a implementação sustentada de uma estratégia de defesa da floresta contra incêndios", lê-se no despacho  publicado esta sexta-feira, 25 de Maio, em Diário da República.

Depois de lembrar que que o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) abriu um concurso para a realização de acções de gestão de combustível com recurso a pastorícia como complemento do Programa Gestão de Combustíveis, vulgarmente conhecido como projeto-piloto das "Cabras Sapadoras", o governante defende a necessidade de um "acompanhamento próximo desta iniciativa, no sentido de potenciar os seus efeitos enquanto modelo de aproveitamento de sinergias de diferentes actividades que se desenvolvem nos espaços florestais, contribuindo para uma melhor resiliência e sustentabilidade dos mesmos e igualmente para o desenvolvimento rural".

Os membros do grupo de trabalho não auferem qualquer tipo de remuneração.




A sua opinião20
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado jcamacho Há 3 semanas

Governo cria grupo de trabalho para acompanhar "cabras sapadoras

MAIS UNS QUANTOS "CABREIROS" A GANHAR O NOSSO!

comentários mais recentes
pertinaz Há 3 semanas

ALÔ...!!!... AS CABRAS JÁ ANDAM POR AÍ OU ESTÃO TODAS NO CONGRESSO DO PS...???

JCG Há 3 semanas

iii) outro estilo à coisa (Self-Prevention)? As cabras comeram o mato todo e depois morreram à fome? Bom, tenho de reconhecer uma diferença: agora chamam-lhes cabras-sapadoras…admito que tem outra cagança! Bombeiro…quase toda a gente sabe o que é; sapador já será coisa ou atividade menos conhecida..

JCG Há 3 semanas

ii) 25/8/2010: “Portugal e Espanha lançam projecto de 50 milhões para limpar florestas… 150.000 cabras-bombeiro vão andar a pastar por Portugal e Espanha…visa prevenir os incêndios…criar mais de 500 empregos…”. O que aconteceu a este projeto, ainda por cima internacional e com nome em inglês que dá

JCG Há 3 semanas

i) Já ando por cá há uns anitos e tenho alguma memória. Por isso, acumulei tempo, tenho espaço temporal e oportunidade para ir registando alguns dos tiques da rapaziada que vai passando pelo poder. Um deles é virem com ideias como se fossem novas…, mas que não são. Um ex.: Jornal de Negócios de

ver mais comentários
pub