Europa Hollywood ajuda PIB do Reino Unido a travar efeito do Brexit

Hollywood ajuda PIB do Reino Unido a travar efeito do Brexit

A economia britânica cresceu acima do esperado no terceiro trimestre, beneficiando da boa prestação do sector dos serviços, com destaque para o cinema.
Hollywood ajuda PIB do Reino Unido a travar efeito do Brexit
O filme Jason Bourne foi um dos que contribuiu para o crescimento da economia britânica
Nuno Carregueiro 27 de Outubro de 2016 às 10:03

O produto interno bruto (PIB) no Reino Unido cresceu 0,5% no terceiro trimestre deste ano, acima das estimativas dos economistas e no 15.º trimestre consecutivo de variações positivas em cadeia.

 

Esta evolução mostra uma resiliência da segunda maior economia europeia aos efeitos do Brexit, sendo que este foi o primeiro trimestre desde a votação dos britânicos para a saída da União Europeia.

 

A contribuir para a evolução positiva do PIB esteve o sector dos serviços, com um crescimento de 0,8% no terceiro trimestre, o que ajudou a compensar as quebras registadas no sector da construção e na produção industrial.

 

Diz a Bloomberg que a impulsionar o sector dos serviços esteve o forte crescimento nas receitas de cinema, com destaque para os filmes Jason Bourne e Star Trek.

 

A agência de notícias salienta também que os economistas estimam que os efeitos do Brexit ainda demorem a ter impacto na economia. As estimativas apontam para um crescimento de 1% no PIB no próximo ano, quando antes do referendo as previsões apontavam para uma expansão de cerca de 2%.   

 

"Existem poucas evidências de um efeito pronunciado em resultado da votação do referendo", refere o economista do instituto de estatística do Reino Unido.  

 

A resiliência da economia no terceiro trimestre deverá travar mais cortes de juros por parte do Banco de Inglaterra.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana


Um governo de ladrões

PS . BE . PCP - são uns PHILHOS DE PHU TA que xupam o sangue ao POVO...

para dar mais dinheiro e privilégios aos FP & CGA.

pub