Economia Incêndio de Pedrógão Grande dado como extinto

Incêndio de Pedrógão Grande dado como extinto

O incêndio de Pedrógão Grande foi dado como extinto a meio da tarde de sábado, uma semana depois de ter deflagrado, estando ainda no local cerca de 570 operacionais, segundo fontes da Protecção Civil.
Incêndio de Pedrógão Grande dado como extinto
Cofina Media
Lusa 25 de junho de 2017 às 00:58

"O incêndio em Pedrógão Grande foi dado como extinto a meio da tarde", disse à Lusa o adjunto nacional de operações da Protecção Civil, Miguel Cruz, acrescentando que no local estão ainda cerca de 800 meios: 570 operacionais apoiados por 214 veículos.

Na página oficial da Autoridade Nacional de Protecção Civil, o incêndio é dado como em fase de conclusão – o que significa que o fogo está extinto, mas que tem ainda pequenos focos de combustão dentro do perímetro do incêndio.

Os operacionais permanecem no terreno em vigilância no perímetro afetado pelas chamas onde ainda há pequenos focos de incêndios, disse também à Lusa o comandante dos bombeiros de Pedrógão Grande, Augusto Arnaut.

Augusto Arnaut disse também que foi já desactivado o Plano de Emergência da Protecção Civil de Leiria.

O incêndio que deflagrou há uma semana, em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos.

O fogo atingiu também os concelhos de Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, no distrito de Leiria, e chegou aos distritos de Castelo Branco, através da Sertã, e de Coimbra, pela Pampilhosa da Serra, mas foi dado como dominado na quarta-feira à tarde.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Rui Sousa Há 3 semanas

A Policia Judiciária enganou os Portugueses ao informar que a origem do incêndio foi um relâmpago das trovoadas secas. Cerca da 14:00 horas teve inicio o grande incêndio e as trovoadas secas só tiveram inicio ao fim da tarde. A PJ demonstrou preguiça em ir ao local investigar. Vergonha para PJ.

Amado.em.Catrástrofe.na.Linha.de.Cascais Há 3 semanas

"Bunker": Atendendo ao estado da infraestrutura e material circulante é possível num futuro próximo nos acontecer um outro desastre ,mas este na linha de Cascais. Tal tornará oportuno o seu fecho, e a abertura de uma faixa em cada sentido no Autoestrada de Cascais. Em prol de uma praia tranquila.

Anónimo Há 3 semanas

Foi lamentável o que aconteceu em Pedrógão Grande por causa do investimento público ter sido cortado pelo governo socialista para o nível mais reduzido desde 1960 para equilibrar contas públicas pressionadas pela folha salarial e de pensões do Estado.

Anónimo Há 3 semanas

Se cada excedentário de carreira sindicalizado que enviou barrinhas de cereais e garrafinhas de água tivesse sido despedido a tempo e horas, as máquinas para silvicultura e as aeronaves para apagar fogos existiriam em Portugal, estariam disponíveis e teriam actuado convenientemente.

ver mais comentários
pub