Economia Obama cita Mandela aos racistas de Charlottesville

Obama cita Mandela aos racistas de Charlottesville

O ex-presidente norte-americano Barack Obama reagiu à manifestação dos supremacistas brancos em Charlottoesville com uma frase de Nelson Mandela: "ninguém nasce a odiar outra pessoa devido à cor da sua pele, ao seu passado ou religião".
Obama cita Mandela aos racistas de Charlottesville
Pete Souza
Carla Pedro 13 de agosto de 2017 às 18:55

Depois dos incidentes de ontem, 12 de Agosto, em Charlottesville (no Estado norte-americano da Virgínia), onde um grupo de supremacistas brancos de manifestou de forma violenta, hoje o presidente Donald Trump condenou "todas as formas de violência, intolerância e de ódio" e "todos os grupos extremistas", incluindo os movimentos associados à supremacia branca.

 

Já o seu antecessor, Barack Obama, preferiu recorrer a uma célebre frase do sul-africano Nelson Mandela: "ninguém nasce a odiar outra pessoa devido à cor da sua pele, ao seu passado ou religião. As pessoas aprendem a odiar, e, se o podem fazer, também podem ser ensinadas a amar, porque o amor é mais natural no coração humano do que o seu oposto".

Obama escreveu a frase na sua conta pessoal do Twitter e a mensagem conta já com 700.000 retweets. 

 

A marcha, recorde-se, tinha sido convocada para contestar a decisão das autoridades estaduais de retirarem do centro da cidade de Charlottesville a estátua do general Robert E. Lee, que é considerado um símbolo da defesa do esclavagismo e do racismo.

 

Acorreram à manifestação os apoiantes do protesto nacionalista e os que estavam contra a marcha e rapidamente se desencadearam episódios de violência.

 

Um dos manifestantes lançou o seu carro sobre um grupo de manifestantes, tendo vitimado mortalmente uma mulher de 30 anos e causando mais de 30 feridos. Além disso, dois polícias faleceram quando o helicóptero em que seguiam caiu.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
alberto.sousa.18007218 Há 2 dias

Considero o planeta Terra, um terceiro calhau a contar do Sol, que navega, nesta galáxia. Estamos todos em cima dele, quer sejamos, brancos, negros, vermelhos ou amarelos, e vejam só o nosso azar... Não podemos sair dele. Somente os astronautas o fazem, mas têm de regressar ao fim de relativamente pouco tempo, Por isso a solução, é tentar darmo-nos todos bem, Sei que é difiçil, mas não impossível. A escravatura ainda existe. Estamos todos escravizados pelo dinheiro, Uns porque o não têm, outros porque querem mais, todo se possível.!!!!!! MAS QUAL SUPREMACIA?
O BICHO HOMEM, PARA DEIXAR DE SER UM BICHO, TEM DE SUBIR A OUTRO PATAMAR NA ESCALA DA EVOLUÇÃO,
NOVA ORDEM MUNDIAL, É PRECISA URGENTE.

Fernando Há 5 dias

Eu quero é €€€€€€€€€€...pode ser às cores...

pub
pub
pub
pub