Energia Combustíveis vão descer pela segunda semana

Combustíveis vão descer pela segunda semana

Pela segunda semana consecutiva os preços dos combustíveis em Portugal vão ficar mais baratos. O que já não acontecia desde Agosto.
Combustíveis vão descer pela segunda semana
Reuters
Nuno Carregueiro 11 de Novembro de 2016 às 10:51

Depois da descida registada esta semana, os preços dos combustíveis vão voltar a descer a partir da próxima segunda-feira nos postos de abastecimento em Portugal.

 

A evolução das cotações da gasolina e do gasóleo nos mercados internacionais apontam para descidas nos preços de ambos os combustíveis no retalho, embora de forma mais acentuada no caso da gasolina.

 

Segundo dados da Bloomberg, a cotação da tonelada métrica da gasolina (em euros) desceu mais de 6% esta semana, o que de acordo com os cálculos do Negócios dá margem para uma descida de 2,5 cêntimos no preço deste combustível nos postos de abastecimento em Portugal.

 

Já a tonelada métrica do diesel ficou cerca de 2% mais barata nos mercados, o que aponta para uma queda entre 0,5 cêntimos e 1 cêntimo no preço de venda ao público.  

 

Preço médio desceu menos que o previsto na semana passada

 

A confirmar-se, a descida dos preços do gasóleo e gasolina vai ocorrer em Portugal pela segunda semana consecutiva, o que não acontecia em simultâneo nos dois combustíveis desde o início de Agosto.

 

De acordo com os dados da Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), na passada segunda-feira o preço médio de venda da gasolina e do gasóleo desceu pouco mais de 1 cêntimo em ambos os combustíveis, bem menos do que era espectável tendo em conta a evolução das cotações nos mercados. O Negócios noticiou na passada sexta-feira que o gasóleo poderia descer 3,5 cêntimos por litro e a gasolina ficar 2 cêntimos mais barata.

 

O preço médio da gasolina nos postos de abastecimento em Portugal baixou para 1,397 euros por litro na semana passada, pelo que, se se confirmar a queda de 2,5 cêntimos, esta segunda-feira poderá baixar para 1,37 euros por litro.

 

No caso do gasóleo, que apresentou um preço médio de 1,176 euros na segunda-feira, poderá recuar para valores em redor de 1,17 euros. Ambos os combustíveis regressam aos valores em que se encontravam no início de Outubro.





A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado SÍTIO MUITO MANHOSO Há 3 semanas

VAI DESCER ASSIM TANTO ?

SE ASSIM FOR VOU DAR UMA PASSEATA . . . CONSIGO DAR A VOLTA AO QUARTEIRÃO ! ! !

NESTE ANTRO DE GATUNOS NINGUÉM SE SALVA !

comentários mais recentes
Grunho Há 3 semanas

É irrelevante, o proletariado e classe média assalariada sente-se saqueado em 27 cêntimos de imposto a mais em litro de gasolina pra a burguesia exploradora ter gasóleo mais barato e poluir mais. É já boicote aos postos nacionais, meter em Espanha até forçar a paridade do imposto. Prá frente é que é

SÍTIO MUITO MANHOSO Há 3 semanas



... ISTO É QUE É PUXAR PELA ECONOMIA . . . A PUXAREM DESTA FORMA . . . VAMOS PARA A MISÉRIA PELA CERTA ! ! !

johnny Há 3 semanas

Atenção que algumas gasolineiras xicas espertas a contar com o conhecimento dos consumidores não desce os preços logo na 2ª feira
ou então se a descida é de por ex. 2 cêntimos, só desce 1 na 2ª e o resto ao longo da semana

As subidas, essas, é logo as 00:00 de 2ª feira

Anónimo Há 3 semanas

A BP tem mantido os preços... abram os olhos ...

ver mais comentários
pub