Aviação Lufthansa paga 1.500 milhões por activos da Air Berlin

Lufthansa paga 1.500 milhões por activos da Air Berlin

O negócio vai ser fechado esta quinta-feira, 12 de Outubro, de acordo com a agência Bloomberg. A Easyjet também vai comprar aviões.
Lufthansa paga 1.500 milhões por activos da Air Berlin
Wilson Ledo 12 de outubro de 2017 às 10:42

A alemã Lufthansa vai pagar 1.500 milhões de euros pela compra de activos da insolvente Air Berlin, escreve a agência Bloomberg esta quinta-feira, 12 de Outubro.

O grupo chegou a acordo para garantir 81 aviões e três mil dos oito mil funcionários da Air Berlin. O cenário foi confirmado pelo CEO da Lufthansa, Carsten Spohr, em entrevista.


A britânica Easyjet também espera comprar aviões. A frota da Air Berlin era composta por mais de 100 aviões, embora parte já estivesse em regime de "leasing" na Germanwings, companhia integrada no grupo Lufthansa.


Como explica a Bloomberg, esta é uma oportunidade para que tanto a Lufthansa como a Easyjet possam crescer num dos mercados mais atractivos da Europa para o sector da aviação, a Alemanha. O negócio de manutenção só será discutido na próxima semana.


A Air Berlin, a segunda maior transportadora alemã até agora, não foi a única companhia aérea europeia a enfrentar dificuldades este ano: a italiana Alitalia e a britânica Monarch abriram falência.


A Air Berlin pediu insolvência em Agosto, depois de o seu principal accionista, a Etihad Airways, ter deixado de fornecer apoio financeiro.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub