Empresas Portugueses gastaram mais de 4.000 milhões em compras com multibanco no mês do Natal

Portugueses gastaram mais de 4.000 milhões em compras com multibanco no mês do Natal

Entre 28 de Novembro de 2016 e 1 de Janeiro deste ano foram levantados três mil milhões de euros na Rede Multibanco. E foram feitas compras no valor de mais de 4.000 milhões, pagas através dos terminais de pagamento automático.
Portugueses gastaram mais de 4.000 milhões em compras com multibanco no mês do Natal
Bloomberg
Negócios 03 de janeiro de 2017 às 17:04

Entre 28 de Novembro e 1 de Janeiro, período que incluiu o Natal e a passagem de ano, foram realizados 41,8 milhões de levantamentos nos caixas automáticos da Rede Multibanco, no valor de 2.919 milhões de euros, de acordo com a informação que a SIBS enviou às redacções. Em média, através destas caixas, foram levantados 70 euros.

Também nesta altura foram feitas 101,3 milhões de compras através dos Terminais de Pagamento Automático da Rede Multibanco, no valor de 4.023 milhões de euros. Sendo que, em compras, o valor médio de cada pagamento foi de 40 euros.


"Nesta semana, e em comparação com o ano anterior, registou-se um aumento global (levantamentos e compras) dos volumes processados na Rede Multibanco de 8,0% no número de operações e de 7,8% do montante transaccionado", refere a SIBS em comunicado.


Em média, por dia, foram feitas cerca de 6 milhões de operações nos caixas e nos terminais de pagamento da rede Multibanco. "O dia com mais operações na rede Multibanco foi o 23 de Dezembro, tendo-se registado 8,4 milhões de operações, mais 8,8% que o dia homólogo, também registado como o dia com mais operações em 2015", refere o comunicado.


Neste período, detalha a SIBS, foram efectuadas 31 milhões de compras em supermercados através dos terminais de pagamento da rede Multibanco, o que representa um crescimento de 7,6% face ao período homólogo. Por outro lado, as operações de compra realizadas no comércio a retalho ascenderam a 27,9 milhões, um crescimento de 4% face ao período homólogo.

No que diz respeito a cartões estrangeiros, a SIBS avança que "foram efectuadas mais 18,6% de compras e levantamentos na Rede Multibanco do que em igual período de 2015". Entre os estrangeiros, os cartões franceses foram os que realizaram mais operações (no total de 924,8 milhares de compras e levantamentos, o que representa um aumento de 16,8% face a 2015), seguidos pelos oriundos do Reino Unido (com 579,8 milhares de compras e levantamentos, mais 15,7% face a 2015) e Espanha (463,1 milhares de operações, mais 26,1% face a 2015).

"Os cartões de origem norte-americana foram os que registaram maior crescimento em Portugal durante o período em análise, tendo efectuado 180,3 milhares de compras e levantamentos, o que representa mais 37,3% do que no período homólogo", pode ler-se no comunicado.




A sua opinião12
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 04.01.2017


OS CÃES RAIVOSOS DA FP_CGA

Os cães raivosos da FP_CGA abocanharam tudo e mais alguma coisa nos últimos 40 anos.

Sempre à custa dos trabalhadores e pensionistas do privado, que sustentam a FP e seus pensionistas a pão de ló.


Jose Alberto Moreira 03.01.2017

400000 e tal carros novos comprados consumo interno a encher o bolso dos paises europeu e a contribuir para o desequilíbrio da balança comercial.... enterra fundo sem vaselina

Se Beto 03.01.2017

Como o dinheiro no banco não rende nada, há que gastá-lo...

Pois Ruizinho 03.01.2017

Só nesse mês é que pagaste as contas correntes com o multibanco, calhou, que gentinha asquerosa

ver mais comentários
pub