Aviação TAP baixa preço da "ponte aérea" para 24 euros

TAP baixa preço da "ponte aérea" para 24 euros

A companhia aérea desceu os preços dos voos só de ida entre Lisboa e Porto em mais de 38% face aos valores a que lançou o serviço de ponte aérea em finais de Março passado.
TAP baixa preço da "ponte aérea" para 24 euros
Bruno Simão/Negócios
Negócios 03 de Novembro de 2016 às 13:16
A TAP reduziu para 24 euros o preço dos voos só de ida Lisboa – Porto, a ponte aérea que lançou em Março passado, então com preços desde 39 euros, de acordo com informação disponibilizada pela companhia aérea no seu site.

Este valor representa uma redução de cerca de 38,5% relativamente ao preço de lançamento da "ponte aérea", os 16 voos diários entre as duas maiores cidades do país.

A Setembro a transportadora anunciou uma redução de tarifa a partir de 1 de Outubro entre Lisboa e Porto, ligação que passou a poder ser feita por 29 euros por percurso.

 
Desde o final de Março que a companhia aérea oferece voos de hora a hora, entre as 5:50 e as 21:30 do Porto para Lisboa e em sentido contrário entre as 7:05 e as 22:35.

No seu site, a TAP acrescenta que para voos entre 1 de Novembro e 31 de Dezembro de 2016, o preço é desde 25 euros, porque "os valores das taxas aeroportuárias sofrerão alterações nesse período".

De acordo com o site Presstur, que cita dados do Aeroporto de Lisboa, os voos de/para o Porto são os que têm o maior aumento de passageiros nos primeiros nove meses deste ano, ao somarem mais 246,6 mil do que no período homólogo de 2015 (mais 49,7%).




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
bye bye TAP Há 5 dias

Arranjo muito mais barato. Temos pena.

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub