Empresas Vista Alegre passa de prejuízo a lucro de 1,9 milhões de euros

Vista Alegre passa de prejuízo a lucro de 1,9 milhões de euros

Em comunicado enviado à CMVM, a Vista Alegre reportou que entre Janeiro e Setembro de 2017 registou um lucro de 1,9 milhões de euros, o que compara com o prejuízo de 1,5 milhões de euros obtido no período homólogo.
Vista Alegre passa de prejuízo a lucro de 1,9 milhões de euros
Pedro Elias/Negócios
David Santiago 06 de novembro de 2017 às 19:52

A Vista Alegre conseguiu passar de prejuízos para lucros entre Janeiro e Setembro deste ano, comparativamente com igual período de 2016. Em comunicado enviado ao final da tarde desta segunda-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Vista Alegre reporta que alcançou lucros de 1,87 milhões de euros nos primeiros nove meses deste ano, resultado que compara com o prejuízo de 1,47 registado no período homólogo.

 

Na nota enviada ao regulador dos mercados, a empresa da área da porcelana e do cristal revela que o EBITDA aumentou 14% para 9,3 milhões de euros nos primeiros nove meses. As vendas consolidadas cresceram 14% para 60,9 milhões de euros face ao período homólogo.

A impulsionar as vendas esteve em especial o mercado externo, responsável por 41,5 milhões de euros e 68% do volume de negócios da Vista Alegre que tem nos mercados europeu e asiático os principais destinos. O mercado interno foi responsável por 19,5 milhões de euros, um volume de negócios que configurou um crescimento de 11% em relação ao período homólogo.

Na comunicação, a empresa adianta que a sua subsidiária Ria Stone vai aumentar a produção em 60% para o IKEA, vendo o contrato com o cliente sueco ser prolongado até 2026 para um volume de negócios superior a 30 milhões de euros por ano. 

A empresa realça que ao longo do terceiro trimestre efectuou investimentos no valor de 3,6 milhões de euros, oriendados em especial para o segmento grés forno e cristal. E acrescenta que continuam em curso dois projectos (CerexCor e CristalLux), que têm como principal objectivo desenvolver processos que possibilitem alargar a gama de oferta de produtos da Vista Alegre.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar