Bolsa Jerónimo Martins e CTT apoiam terceiro dia de ganhos do PSI-20

Jerónimo Martins e CTT apoiam terceiro dia de ganhos do PSI-20

A bolsa lisboeta fechou em alta pela terceira sessão consecutiva, num dia de ganhos generalizados e em que o destaque foi para as subidas da Jerónimo Martins e dos CTT. Estreantes Ibersol e Novabase, bem como a Corticeira Amorim, negociaram em máximos e também apoiaram a bolsa nacional.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 20 de março de 2017 às 16:42

O PSI-20 encerrou a sessão bolsista desta segunda-feira, 20 de Março, a somar 0,38% para 4.631,48 pontos, com 15 cotadas a negociar em alta, três em queda e uma inalterada, naquele que foi o terceiro dia seguido em que a praça lisboeta acumulou valor.

 

A bolsa nacional contrariou a tendência de perdas registada na generalidade das principais praças europeias, que transaccionaram no vermelho depois de na sessão de sexta-feira o índice de referência europeu Stoxx 600 ter tocado em máximos de Dezembro de 2015.

 

No plano nacional foram a Jerónimo Martins e os CTT que mais impulsionaram, com a retalhista a somar 1,36% para 15,67 euros, e os correios nacionais a avançarem 1,31% para 4,863 euros.

 

Também no retalho, a Sonae cresceu 0,23% para 0,881 euros, no dia em que a "sub-holding" do grupo dedicada ao retalho especializado abriu três lojas em Angola.

As duas estreantes no PSI-20 também registaram um dia positivo, apoiando o desempenho do principal índice naiconal. Ao ganhar 4,21% para 15,11 euros, a Ibersol estabeleceu mesmo um novo máximo de sempre. Já a Novabase avançou 0,33% para 3,05 euros, num dia em que ao transaccionar nos 3,13 euros por acção tocou em máximos de 1 de Agosto de 2014. 

Nota positiva ainda para a Corticeira Amorim que voltou a renovar máximos, uma tendência que vem sendo verificada nos últimos meses. Apesar de ter encerrado a sessão a resvalar 0,39% para 10,10 euros, a cotada chegou a negociar nos 10,30 euros, o que representa um novo máximo de sempre para a empresa. 

Ainda em alta negociou a Nos (+0,30% para 4,945 euros) e o grupo EDP, com a EDP Renováveis a apreciar 0,20% para 6,112 euros e a EDP a somar 0,49% para 2,877 euros, isto num dia em que o Diário de Notícias avançou que a empresa liderada por António Mexia poupou 19,4 milhões de euros em juros com a adesão ao programa especial de redução do endividamento ao Estado (PERES).

A travar uma melhor prestação da bolsa lisboeta esteve a Galp Energia, com a petrolífera a perder 0,70% para 13,49 euros, num dia de desvalorização do preço do petróleo nos mercados internacionais - em Londres o Brent cai agora 0,19% para 51,66 dólares por barril -, o que acontece 
numa altura que a produção da matéria-prima nos Estados Unidos continua a anular os cortes realizados pelos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) no início do ano.


Também em terreno negativo negociou o BCP que terminou o dia a recuar 0,43% para 0,163 euros. 

(Notícia actualizada às 16:53)


A sua opinião26
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Marco Horácio 20.03.2017

sem grandes comentários
viva a Sonae Capital
a caminho dos 90 centimos em breve

comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Like many other ailments, people are not properly informed about the reality of sleep apnea, especially if they have never dealt with it before. Many people begin to develop this issue later in life and are unaware of how to reduce problems with it- that is where this article comes in with useful ti

Criador de Touros 20.03.2017

Estou solidário com o AB. Há por aqui gente, de facto, com motivações muito estranhas. A certos bichos temos de lhes dar corda. Enfim...

Anónimo 20.03.2017

AB não faça isso! A sua participação neste Fórum é importante! Peço que reconsidere!
Abraço

AB 20.03.2017

Despeço-me com respeito por quem realmente o merece! AB

ver mais comentários
pub