Bolsa Bank Millennium afunda quase 5% com possibilidade de aumento de imposto

Bank Millennium afunda quase 5% com possibilidade de aumento de imposto

O Governo polaco poderá aumentar o imposto sobre os empréstimos bancários concedidos em moeda estrangeira, o que está a penalizar as acções da unidade do BCP naquele país.
Bank Millennium afunda quase 5% com possibilidade de aumento de imposto
Rita Faria 22 de dezembro de 2016 às 11:10

As acções da unidade polaca do BCP estão a deslizar 4,81% na bolsa de Varsóvia para os 5,15 zlotys, penalizadas pela possibilidade de o Governo aumentar o imposto sobre os empréstimos hipotecários concedidos em moeda estrangeira (na Polónia, maioritariamente em francos suíços) para incentivar a sua conversão para zlotys.

"Vemos esta informação como negativa para os bancos com grande exposição a créditos indexados ao franco suíço", referem os analistas Jerzy Kosinski e Marta Jezewska-Wasilewska, da Wood brokerage, numa nota de análise citada pela Bloomberg.

O Governo já havia proposto uma solução para a conversão dos créditos, cuja factura para os bancos polacos poderia atingir os 9,3 mil milhões de zlotys (cerca de 2,1 mil milhões de euros). Juntamente com este aumento do imposto sobre os empréstimos, "o potencial abalo para o sector pode ser significativo", acrescentam os analistas da Wood.

A conversão dos créditos para zlotys tem sido um tema recorrente no último ano na Polónia, onde cerca de 500 mil pessoas contraíram créditos à habitação indexados ao franco suíço, esperando beneficiar das baixas taxas que então se praticavam naquele país.

Contudo, a moeda suíça duplicou de valor face ao zloty aumentando consideravelmente os custos das famílias. 

O Bank Millennium - detido em 50,1% pelo BCP - é, a par da unidade do Santander e do banco do Commerzbank no país, um dos que sente um maior peso da carteira de créditos em francos-suíços.

Em Lisboa, o BCP também segue do lado das perdas, com uma descida de 2,19% para 1,0898 euros.




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 22.12.2016


Comemorações Oficiais

Ladrões PS- PCP- BE- FP- CGA - 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


MAIS UM ORÇAMENTO CRIMINOSO DA GERINGONÇA E DOS SEUS APOIANTES.

Mais despesa

Mais dívida

Mais juros

Mais impostos

MAIS DESIGUALDADE SOCIAL


comentários mais recentes
forex 22.12.2016

Vendam, vendam. Eu estou a comprar... 2017 será diferente para a banca e em especial para este banco, tem tudo para subir!

Anónimo 22.12.2016

Coincidências, hoje vou comer pato ao almoço. Acho que vou guardar um pouco, para amanhã tb comer...quiçá amanhã€1.06-1.07. Panic sell no PSI

Anónimo 22.12.2016

é só ópimas notícias para o bcp falido...õ bcp cancro da bolsa já lá não vai nem com angolanos nem com chinocas.o terreno está preparado para o criminoso n.amado que já triturou mais de 5000 milhões de euros aos acionistas, apresentar a declaração de falência até 31 de dezembro. já não tenho dúvidas

Jota 22.12.2016

Afunda? Caiem 5%, ou nem isso, e o titulo é "afunda"?? Que miséria de jornalismo...

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub