Mercados Bitcoin afunda após ciberataque na bolsa da Coreia do Sul

Bitcoin afunda após ciberataque na bolsa da Coreia do Sul

A bitcoin está a deslizar pelo terceiro dia consecutivo, depois da bolsa criptomoedas Coinrail ter revelado que o seu sistema foi alvo de uma “intrusão”.
Bitcoin afunda após ciberataque na bolsa da Coreia do Sul
Reuters
Bloomberg 10 de junho de 2018 às 14:16

A bitcoin recuava 5% para 7.242 dólares, em Hong Kong, o que corresponde à maior queda desde 23 de Maio, segundo os dados recolhidos pela Bloomberg através da Bitstamp. Esta criptomoeda chegou a descer 6% sendo o terceiro dia consecutivo de perdas.

 

A justificar este desempenho está o facto de a bolsa de criptomoedas sul-coreana Coinrail ter revelado que o seu sistema foi alvo de "intrusão cibernética". A bolsa garantiu ter congelado todas as exposições e que está a rever o sistema de forma a bloquear este tipo de ataques.

 

Estas quedas recentes estão a elevar para perto de 50% a desvalorização da bitcoin desde o início do ano.

 

Esta não é a única moeda digital a perder valor. A ethereum e a ripple também estão a perder, pelo menos, 6,2%.

 

A bolsa Coinrail negoceia mais de 50 criptomoedas diferentes é a 98ª maior, com negociação a decorrer 24 horas por dia. A Coinrail negoceia vcerca de 2,65 milhões de dólares por dia, segundo a Coinmarketcap.com.




pub