Mercados Há risco de uma nova crise da dívida no euro
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Há risco de uma nova crise da dívida no euro

Os indicadores ainda são benignos, mas o mundo enfrenta "tensões geopolíticas elevadas" com potencial para gerar uma "inversão abrupta" dos mercados e castigar os "países mais vulneráveis". O alerta é genérico, mas Portugal estará entre os alvos.
Há risco de uma nova crise da dívida no euro
Eva Gaspar 25 de Novembro de 2016 às 00:01

O mundo converteu-se num lugar muito mais incerto com  a decisão do Reino Unido de sair da União Europeia e depois da recente  eleição de Donald Trump para a Casa Branca.  É, assim, "provável que

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
m Há 1 semana

O futuro presidente dos E U tem razão. Acabar com este modelo de globalização que serve apenas uma dúzia de pessoas , donas de grandes grupos econômicos e industrias em detrimento de milhares de milhões que vivem muito mal. Morre-se à fome por causa dessa gentalha, sem escrúpulo,sem moral,sem vergon

Rui Alegria Há 1 semana

Então é tempo de estudar a possibilidade da saída do Euro amanhã será tarde.

surpreso Há 1 semana

De vez em quando,é útil um "reset" .O timing parece possível,mas será o dólar a conduzir

pertinaz Há 1 semana

PORTUGAL SERÁ DOS PRIMEIROS A TOMBAR
MAS COMO JÁ SE PERCEBEU O DISCURSO DA ESQUERDALHA CANALHA SERÁ:


"A CRISE DA DÍVIDA É GLOBAL E NÃO TEM QUE VER ESPECÍFICAMENTE COM PORTUGAL

LOGO A POLÍTICA ORÇAMENTAL PORTUGUESA ESTÁ CORRECTA"


VAMOS A CAMINHO DO ABISMO

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub