Petróleo Preço da gasolina vai descer devido à alta do euro

Preço da gasolina vai descer devido à alta do euro

Depois da forte subida registada no arranque do ano, o preço da gasolina vai descer ligeiramente e o gasóleo ficará estável.
Preço da gasolina vai descer devido à alta do euro
Nuno Carregueiro 05 de janeiro de 2018 às 14:06

A moeda europeia arrancou o ano em alta, o que para os consumidores de combustíveis em Portugal representa uma notícia positiva, já que é a variação do euro que vai garantir uma descida no preço da gasolina na próxima semana.

 

Ainda que muito ligeira, servirá para atenuar o forte aumento nos preços dos combustíveis em Portugal na última segunda-feira, que resultaram do agravamento do imposto sobre os produtos petrolíferos e energéticos (ISP), mas sobretudo da forte subida dos preços dos combustíveis nos mercados.

 

Na próxima segunda-feira, segundo fonte do sector, o preço do litro da gasolina, nos postos de abastecimento em Portugal, irá descer 0,5 cêntimos. Já o preço do gasóleo ficará estável.

 

Apesar destas variações, nos mercados os combustíveis cotados registaram subidas. Em dólares, a tonelada métrica da gasolina aumentou mais de 0,5% esta semana (tendo em conta os preços médios das últimas três sessões). Medida em euros, a variação foi de sinal negativo. No caso do gasóleo, a variação em dólares foi superior a 1%, mas o desempenho positivo na moeda europeia permite uma variação nula deste combustível nos postos de abastecimento em Portugal.  

 

O euro atingiu esta semana máximos de quatro meses, muito perto de 1,21 dólares. No acumulado da semana ganha perto de 1%.

 

A subida do petróleo para máximos de 2015 reflectiu-se sobretudo nos preços dos combustíveis no início desta semana. De acordo com os dados da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), o preço médio da gasolina simples subiu 2,5 cêntimos na segunda-feira. Apesar da descida estimada de 0,5 cêntimos, este combustível continuará a ter um preço de venda média acima de 1,5 euros e por isso muito perto de máximos de Agosto de 2015.

 

Quanto ao gasóleo simples, subiu 3,6 cêntimos na semana passada, para um preço médio de 1,321 euros, que é o mais elevado desde Setembro de 2014.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Por favor, deem notícias factuais e não fake news. Hoje já li algures que iria haver aumentos de 3 céntimos no gasóleo e como estamos em tempos de desinformação pergunto:
A quem interessa virar as cabeças ao contrário dos consumidores para fazer manipulados ?
Não pactuem, confirmem sempre a inf.

pub