Francisco George vence Prémio Personalidade

O director-geral de Saúde foi o vencedor do Prémio Personalidade de 2017, atribuído pelo júri do Prémio Saúde Sustentável numa cerimónia que decorreu esta terça-feira, em Lisboa. Francisco George, de 69 anos, está à frente da DGS desde 2005 e deixará o cargo no próximo dia 20, altura em que celebrará 70 anos e terá de cessar funções.
Francisco George vence Prémio Personalidade
Francisco George recebeu o prémio rodeado dos netos
Bruno Simões 03 de outubro de 2017 às 21:24

O galardão distingue uma carreira ímpar, com passagens pela China e por África integrado na Organização Mundial de Saúde, uma experiência que o ex-reitor António Rendas – colega de curso de George – disse ter sido "essencial" para o "sucesso na DGS". O responsável esteve acompanhado no palco pelos seus quatro netos – Matilde, Maria João, Henrique e Rodrigo.

 

O Prémio Saúde Sustentável, uma iniciativa conjunta entre a Sanofi e o Jornal de Negócios, distingue as boas práticas da sustentabilidade da saúde em Portugal em quatro áreas principais. Na de Cuidados Continuados, a vencedora foi a Unidade Bem Humanizar, de cuidados paliativos ao domicílio. Nos Cuidados Primários foi distinguida a Farmácia da Cumieira. Já nos Cuidados Hospitalares, o galardão foi para o Hospital Distrital de Santarém. A Raríssimas venceu na categoria de Projectos Especiais Integrados.

 

Foram ainda atribuídas cinco menções honrosas. O IPO do Porto venceu no critério de Qualidade clínica e Resultados em Saúde, enquanto a Associação Dignitude brilhou na Sustentabilidade Económico-Financeira. O Centro Social e Paroquial de Ribeirão levou a menção honrosa de Responsabilidade Ambiental, o Hospital de Cascais foi distinguido pela Inovação e Tecnologias na Saúde e o Hospital de Braga venceu na Experiência do Cidadão.




pub