Economia “Autoeuropa não precisa de trabalhar ao sábado”, diz Arménio Carlos
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

“Autoeuropa não precisa de trabalhar ao sábado”, diz Arménio Carlos

O secretário-geral da CGTP diz que a questão da fábrica de Palmela tem sido “manipulada” para evitar que se mexa na legislação do trabalho. E desafia o Governo a dialogar com a Volkswagen para que trace o futuro da Autoeuropa num horizonte temporal mais largo.
A carregar o vídeo ...
Celso Filipe Rosário Lira 28 de janeiro de 2018 às 23:05

O secretário-geral da CGTP defende que "é necessário continuar o diálogo e a negociação" na Autoeuropa,  "sem excluir qualquer forma de luta. Arménio Carlos sublinha que todas as partes  perseguem

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião18
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado joaoaviador 29.01.2018

O comunismo é uma espécie de alfaiate que quando o fato não fica bom, faz alterações no cliente!

comentários mais recentes
Anónimo 02.02.2018

Trabalhei aos sábados e algumas vezes tive que ir aos domingos quando era preciso a ganhar uma miséria e ainda estou vivo .fartei-me de vergar a mola que e o que precisa este ARMÉNIO.

Anónimo 30.01.2018

Mas o que é que este burgesso percebe deste negócio? Que paga e sempre pagou acima da média já todos sabemos. Afinal qual a pretensão da besta?

Anónimo 29.01.2018

Com sindicalistas destes e partidos como PCP retrógados e comandados por fanáticos
tipo Islamico, que manipulam os trabalhadores não vamos a lado nenhum, porque
não são responsabilizados pela merd........, que fazem.

Anónimo 29.01.2018

Este imbecil destruidor de empresas e empregos devia pagar o desemprego
quando as empresas se vão embora , nessa altura Não esta cá como de costume.
Um verme que mina os trabalhadores.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub