IRS É oficial: veja a tabela de IRS para 2018
IRS

É oficial: veja a tabela de IRS para 2018

A proposta de Orçamento do Estado prestes a ser entregue esta sexta-feira pelo Governo actualiza as taxas e os escalões de IRS, como vem sendo habitual.
A carregar o vídeo ...
Elisabete Miranda 13 de outubro de 2017 às 22:08

A tabela de IRS a aplicar aos rendimentos de 2018 contém sete escalões, mais dois do que até aqui e menos um do que no período pré-troika, de acordo com a versão final da proposta do Orçamento do Estado que será entregue na Assembleia da República.

Os limiares de rendimento colectável e de taxas é feita de molde a que o alívio seja progressivo – isto é, a beneficiar mais quem tem menos rendimentos – mas acaba por ser abrangente, ainda apanhando parte dos contribuintes que estão no novo penúltimo escalão. Nalguns casos marginalmente, noutros ainda com algum significado.

Simulações feitas pela PwC para o Negócios mostram que o alivio de IRS, não sendo muito pronunciado, será amplo e chega até parte do novo penúltimo escalão de rendimento colectável, beneficiando salários brutos até sensivelmente 3.200 euros/mês.

 

Poderá encontrar mais informações sobre o impacto dos novos escalões aqui e aqui.

 

A este alívio acresce o desaparecimento em 2018 da sobretaxa para os rendimentos médios e altos, e o alargamento do mínimo de existência para os mais baixos.

 




A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Maria Pires Há 2 semanas

Como é possível um pensionista que em 2017 estava no 3º. escalão (20.261€ a 40.522€) descontava 37% e agora a partir de 36,856€ passa para o 6º, escalão a descontar 45%? Um aumento de 8%. Gostaria que me explicassem.

tristeza canhota 27.10.2017



Uns tristes que tem a mania que são espertos.

Anónimo 17.10.2017

pouca vergonha isto e falso as pessoas do 3 escalao vai ficar penalizadas para quem ganha mais de 36 mil euros vai passar dos 37 de 2017 para 45 isto e alivio? isto e evidente que e aumento e so olhar para a tabela e vao aumentar o IUC eles nao dao nada a ninguem extrema esquerda roubar

Manuel 15.10.2017

Uma vergonha! A roubar aos trabalhadores independentes para fingir que devolve alguma coisa!! Vergonhoso.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub