Economia João Salgueiro: Crescimento de 2,8% "não resolve o problema"

João Salgueiro: Crescimento de 2,8% "não resolve o problema"

O antigo presidente da Associação Portuguesa de Bancos atribui o crescimento de 2,8% do PIB registado no primeiro trimestre "basicamente ao turismo".
A carregar o vídeo ...
Celso Filipe Rosário Lira 20 de maio de 2017 às 21:00

João Salgueiro considera que o crescimento de 28% do PIB no primeiro trimestre deste ano não foi um bom desempenho e que Portugal precisa de crescer mais e de forma constante.

"Não resolve o problema, não se fez nada para isso. Aconteceu", sustenta o economista.

O antigo presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB) afirma que o Governo não fez nada para que este crescimento se verificasse, atribuindo o mesmo a um conjunto de circunstâncias.

Na Conversa Capital, um espaço de entrevista conjunto entre o Negócios e a Antena 1, João Salgueiro atribui este crescimento "basicamente ao turismo" que beneficiou das convulsões registadas no Médio Oriente e no Mediterrâneo


A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado IS Há 1 dia

A opinião de João Salgueiro é muito mais do que uma simples opinião dado que é um especialista na área.

comentários mais recentes
Vera Gouveia Barros Há 1 dia

Na área do turismo, não me parece que seja um especialista. A avaliar pelas declarações que fez, acho que lhe escapa muita coisa.

IS Há 1 dia

A opinião de João Salgueiro é muito mais do que uma simples opinião dado que é um especialista na área.

DJ viajante Há 2 dias

Costa e a sua politica tem de ser desmascarada. Estamos a viver uma mentira feliz que tem seus dias contados. Tudo o que tem acontecido tem caido do céu. Nenhuma reforma feita, investidores ausente e cortes acentuados na saude e educação. Pais hipotecado nos proximos 20 anos.

Anónimo Há 2 dias

A Grécia teve uma década de forte crescimento e perdeu tudo na crise da dívida soberana, a Irlanda teve décadas de forte crescimento mas suportou a crise. Décadas e não um trimestre.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub