IRS OE 2018: IRS passa a sete escalões e em todos eles há alívio de impostos
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
IRS

OE 2018: IRS passa a sete escalões e em todos eles há alívio de impostos

É a principal aposta deste orçamento, uma das mais caras e a que chega a mais gente. A descida do IRS chega praticamente a todos, custando 645 milhões de euros ao longo dos próximos dois anos.
OE 2018: IRS passa a sete escalões e em todos eles há alívio de impostos
Bruno Simão/Negócios
Elisabete Miranda 27 de novembro de 2017 às 23:20

Está fechado. Em 2018 haverá uma descida generalizada do IRS, que chega a todos os níveis de rendimento. As tabelas de retenção na fonte serão ajustadas no início do ano, o que fará aumentar o

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Henrique Costa Há 2 semanas

Este jornal ultimamente parece estar na folha de pagamentos do Galamba! Quem ganha 40.000€ anuais, antes os últimos 20.000 € pagavam 37%, agora é só 17.000 e 3.000 pagam 45% de imposto. Claro que se for funcionário público, com os aumentos e progressões vai sempre receber mais, mas para a privada...

Anónimo Há 2 semanas

Quem se enquadrar no primeiro escalão não tem qualquer redução de IRS (Só quem ficar abrangido pelo aumento de mínimo de existência).
Isto é quem aufere rendimentos brutos, de trabalho dependente, entre +/-9.000€ e 11.195€, não tem qualquer redução de IRS.

Anónimo Há 2 semanas

Não me parece que haja descida em todos os escalões. Basta reparar que quem tinha rendimentos coletáveis até 40 552 euros estava no escalão de 37 %. agora com rendimentos a partir de 36 856 passa a estar no escalão dos 45%. Será que estou a ver mal, ou é mesmo uma grande subida de 8%?

Anónimo Há 2 semanas

OE 2018: IRS passa a sete escalões e em todos eles há alívio de impostos

O PSD/CDS, DIZEM QUE NÃO!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub