Empresas Bosch quer talento nacional e vai à procura nas universidades

Bosch quer talento nacional e vai à procura nas universidades

A Bosch vai lançar, a partir de 27 de Abril, um roadshow em universidades portuguesas de engenharia. O objectivo da iniciativa é captar talento para recrutar. A Bosch tem 4.500 funcionários em Portugal e prevê a contratação de 1.000 pessoas até 2018.
Bosch quer talento nacional e vai à procura nas universidades
Reuters
Ana Laranjeiro 18 de abril de 2017 às 16:49

A Bosch pretende intensificar o processo de recrutamento. Para isso, vai realizar um roadshow nas universidades portuguesas de engenharia. O pontapé de saída é dado a 27 de Abril na Faculdade de Engenharia do Porto. Passa pelo Instituto Superior Técnico (Lisboa) a 10 e 11 de Maio. E a 17 de Maio vai estar na Universidade de Aveiro. O roadshow termina a 24 de Maio, com a iniciativa a chegar à Universidade do Minho (Guimarães).

"Durante o evento os responsáveis de recursos humanos da empresa vão organizar pitch e entrevistas com os participantes que se inscreverem previamente. Os melhores serão chamados para integrar o processo de recrutamento nas diferentes localizações da Bosch em Portugal", refere o comunicado enviado às redacções.

A Bosch tem três fábricas em Portugal: Aveiro, Braga e Ovar. Assim, os que tiverem realizado as melhores entrevistas ou pitch durante a iniciativa vão ter a "oportunidade de ser chamados para uma segunda fase de entrevistas na Bosch".

Com este roadshow, a empresa quer "conhecer e estabelecer uma relação com os futuros talentos portugueses". "De 27 de Abril a 24 de Maio a Bosch procura pessoas com formação superior; com interesse em actividades extracurriculares; conhecimentos de IT e línguas estrangeiras; capacidade para trabalhar em equipa; com motivação para o desenvolvimento e gosto pela aprendizagem; e com capacidade de integração em ambientes multiculturais", diz o comunicado.

Há 40 vagas em diferentes áreas de engenharia, investigação e desenvolvimento.


"Este roadshow vem reiterar a vontade da empresa em continuar a apostar nos portugueses e em Portugal, visto pelo grupo como um país altamente competitivo ao nível da mão-de-obra qualificada, produtividade e infra-estruturas".


Os interessados nas entrevistas ou nos pitch podem inscrever-se através do site da empresa.

A Bosch actualmente tem 4.500 funcionários em Portugal e prevê a contratação de 1.000 funcionários até 2018, de acordo com o comunicado. Só no ano passado, foram contratados cerca de 250 engenheiros para as unidades de Aveiro, Ovar e Braga.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub