Empresas Louboutin vai construir hotel de charme em Melides

Louboutin vai construir hotel de charme em Melides

O estilista francês, conhecido pelos seus sapatos de solas vermelhas, já comprou terrenos nesta aldeia do litoral alentejano onde tem também uma casa de férias. O projecto estará em fase de conclusão para ser levado à aprovação da Câmara Municipal de Grândola.
Louboutin vai construir hotel de charme em Melides
Reuters
Celso Filipe 14 de setembro de 2017 às 23:11
pub
Christian Louboutin vai construir um hotel de charme na aldeia de Melides, concelho de Grândola. O famoso estilista de sapatos, cuja imagem de marca são as solas pintadas de vermelho, já adquiriu o terreno para a construção desta infra-estrutura hoteleira e está a preparar o projecto para a sua rápida materialização.

A primeira intenção de Louboutin em avançar para o investimento num hotel de charme foi manifestada há dois anos, mas agora ganhou um novo impulso e é intenção do empresário avançar rapidamente, faltando-lhe apenas entregar o projecto arquitectónico que terá de ser aprovado pela Câmara Municipal de Grândola.

Esta circunstância faz com que ainda não seja conhecido o montante de investimento a efectuar neste hotel, embora o Negócios saiba que Christian Louboutin já terá despendido meio milhão de euros na compra de terrenos localizados no centro da aldeia de Melides.

Fortuna avaliada em 70,7 milhões de euros

Louboutin, que tem uma fortuna avaliada em 85 milhões de dólares (70,7 milhões de euros), já possui duas propriedades em Portugal. Uma de 180 hectares, situada nas imediações da lagoa de Melides. Outra em Lisboa, na zona do Castelo. Este investimento num hotel de charme pode assim ser entendido como um complemento aos interesses imobiliários que já possui naquela região alentejana, que usa também como fonte de inspiração para a concepção das suas novas colecções de sapatos e de outros acessórios.

O estilista, em Outubro de 2016, numa entrevista ao Expresso, explicou assim a sua opção pelo país. "Portugal é a minha segunda ou terceira casa. França, claro, é a primeira, e a segunda é a Itália, onde produzo os sapatos, passo lá muito tempo. Desenho aqui algumas das minhas colecções. Amo Portugal porque amo os portugueses. Não é possível gostar de um país sem gostar das suas gentes. Sou bretão, nasci na costa e encontrei o mesmo aqui, mas com tempo melhor". Questionado sobre o facto de ter trocado a Comporta, sua primeira morada de férias, por Melides, Christian Louboutin respondeu com a tranquilidade que reencontrou em Melides, corria o ano de 2010. "Fartei-me da Comporta. Tornou-se demasiado agitada, com muita gente".

"Se você pudesse acordar em qualquer lugar do mundo amanhã, onde você estaria, a resposta curta e assertiva que daria seria: na minha casa em Portugal, no Verão", afirmou o estilista ao Wall Street Journal, também em 2016.

Christian Louboutin, de 54 anos, é um investidor activo no mercado imobiliário. Além de Portugal, o estilista possui moradias de luxo em Luxor, no Egipto, e em Los Angeles, Estados Unidos, sendo que a sua residência principal é em Paris.

Louboutin foi ganhando notoriedade à medida que foi calçando estrelas femininas de Hollywood, casos de Angelina Jolie, Victoria Beckham e Katie Holmes. 

pub



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub