Tecnologias Altice Portugal vai investir mais 4 milhões no "data center" da Covilhã  

Altice Portugal vai investir mais 4 milhões no "data center" da Covilhã  

A Altice Portugal anunciou hoje que vai investir mais quatro milhões de euros no seu 'data center' [centro de dados] da Covilhã para concretizar, entre outras acções, a migração de toda a infraestrutura de suporte ao portal SAPO.
Altice Portugal vai investir mais 4 milhões no "data center" da Covilhã   
Pedro Elias
Lusa 09 de fevereiro de 2018 às 18:40

A infraestrutura de suporte ao portal SAPO vai ser migrada "para aquele que é o maior centro de processamento de dados em Portugal, uma acção que envolve 671 servidores e um petabyte de armazenamento", refere a dona da Meo.

 

"A Altice Portugal, em alinhamento com os pilares de inovação e investimento, realizará ainda a evolução das infraestruturas existentes para suportar a estratégia de virtualização de funções de rede que está a implementar, através da criação de um ambiente virtual produtivo, distribuído em 'data center', envolvendo a Covilhã e Picoas", adianta.

 

"A construção do maior 'data center' hoje existente em Portugal centrou a actuação da Altice Portugal nas tecnologias de 'cloud' e 'big data'. Hoje, e em alinhamento com a sua expansão de negócio e estratégia tecnológica de 'cloud', a Altice Portugal irá introduzir neste processo tecnologia de ponta (VXLAN) e a abertura de um novo espaço IT no 'data center' na Covilhã", acrescenta.

 

Actualmente, o centro de dados da Altice na Covilhã tem mais de 300 colaboradores, "sendo que com este novo investimento estão criadas condições para gerar mais emprego qualificado e especializado no médio prazo", aponta.

 

A Altice Portugal sublinha que o 'data center' da Covilhã é "um dos dez maiores do mundo" e "é reconhecido internacionalmente e, ainda esta semana, por ocasião da apresentação do projeto SKA (Square Kilometer Array) na Covilhã, foi elencado como opção para armazenar e tratar parte do enorme volume de dados gerado pelas observações do maior radiotelescópio do mundo".

 

O investimento de mais quatro milhões de euros "vem juntar-se a tantos outros que têm sido feitos pela Altice Portugal no 'data center' na Covilhã e também na região, como é disso exemplo o investimento na infraestruturação de fibra óptica do Maciço Central da Serra da Estrela anunciado esta semana, ou a abertura do novo 'contact center' [centro de atendimento], também na Covilhã".

 

A empresa liderada por Alexandre Fonseca refere que "continuará este caminho de investir no território português como um todo, contribuindo para o desenvolvimento económico e social destas regiões com baixa densidade populacional, mitigando desigualdades territoriais".

 




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 10.02.2018

investimento de 4 milhões a quem? a fornecedores da tecnologia da Feira? ou se calhar aos enteados e primos de segundo grau do Armando Pereira. investem 4 "pseudo" milhões através de parceiros duvidosos para depois irem comprar serviços e equipamento a França não beneficiam em nada a economia.

Anónimo 09.02.2018

Cuidado com a Altice porquê? Deves ser da concorrência.

Cautela com a ALTICE ! 09.02.2018

Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE ! Cautela com a ALTICE !

Saber mais e Alertas
pub